Campo

Foto: Divulgação

A Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, por meio da Subsecretaria de Assentamentos e Pequenas Propriedades, realiza de 30 de maio a 5 de junho serviço de monitoramento às famílias atendidas pelas linhas de crédito fundiário. Nesta etapa serão atendidas 207 famílias de cinco municípios do Bico do Papagaio: Angico, Ananás, Riachinho, Arguiarnópolis e Palmeiras do Tocantins.

Nestes cinco dias, dois técnicos da Seagro levam às famílias assentados as informações necessárias para os procedimentos sobre normas e procedimentos do Programa Crédito Fundiário para regularização, individualização e renegociação de dívidas. Para o coordenador de crédito fundiário, José das Crianças Lopes da Costa , esse monitoramento é de fundamental importância para as famílias. “É importante este acompanhamento, pois assim garantimos que os produtores apliquem os recursos de forma correta, proporcionando melhores resultados em seus projetos agrícolas”, declarou.

O serviço de assistência a estas famílias busca regularizar as pendências dos agricultores, fiscaliza e acompanha a aplicação dos recursos em prol da melhoria da qualidade de vida das famílias.

Segundo dados da SIG/CF – Sistema de Informações Gerenciais do Crédito Fundiário, no Tocantins de 2005 a 2011 foram atendidas 2.715 famílias com as linhas de crédito fundiário. A operação financeira é aplicada em duas linhas: consolidação da agricultura familiar com 2.412 famílias e CPR – Combate a Pobreza no Campo atendendo 413 famílias. Ao todo, ao longo destes cinco anos foram custeados mais de R$ 100 milhões em financiamentos rurais.

Fonte: Ascom Seagro