Campo

Foto: Joatan Silva

Durante o Fórum de Competitividade da Cadeia Produtiva de Barrolândia, na manhã desta quinta-feira, 2, o secretário executivo da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Ruiter Pádua, destacou a vontade do governo em aumentar a produção agrícola do Estado. “Queremos nesses quatro anos de governo dobrar a produção de grãos, frutas e outros produtos produzidos no Tocantins”, disse.

Na ocasião, o secretário apresentou aos produtores familiares da região, que participavam do evento, as principais políticas do governo que são voltadas para a agricultura, a fruticultura, a pecuária, a piscicultura e também para a geração de energias limpas no meio rural. Segundo ele, é possível aumentar o rebanho do Estado, que atualmente é de cerca de oito milhões para 12, sem aumentar as áreas de pastagens.

O representante do governo também falou sobre o trabalho que está sendo desenvolvido pela Seagro, por meio da Superintendência de Irrigação e pelas subsecretarias da Aquicultura e Pesca, de Energias Limpas e dos Assentamentos. “O nosso governo quer melhorar a produção e as condições de vida do homem do campo, por isso queremos implantar os projetos para geração de energia limpa, queremos levar o pescador a produzir em tanques-rede e por em funcionamento os projetos de irrigação Manuel Alves e São João”, destacou.

Durante o Fórum, participaram cerca de 40 pequenos produtores da região de Barrolândia, que discutiram problemas, participaram de palestras de capacitação e tiveram a oportunidade de debater as demandas da região com o secretário executivo da Seagro. O evento aconteceu durante toda a quinta-feira, no Auditório da Câmara dos Vereadores de Barrolândia e foi organizado pela Associação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar do município.

Fonte: Ascom Seagro