Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

Em uma conversa antes do início da sessão ordinária da tarde desta quarta-feira, 22, o deputado Sargento Aragão (PPS) informou que pretende concorrer nas eleições municipais de Palmas no ano que vem.

De acordo com o deputado, o PPS está em fase de estruturação do seu diretório municipal e a partir do dia 24 de agosto começará as reuniões para definir os parâmetros eleitorais para a campanha municipal de 2012. “Enquanto for somente uma comissão provisória, a coisa fica mais complicada, mas quando eu for o presidente do diretório, vamos formar a terceira frente”, disse.

Outro ponto colocado pelo deputado foi o convite que o PPS pretende fazer ao empresário Carlos Amastha, atualmente no PV, para fazer parte dos quadros do PPS durante a campanha eleitoral do ano que vem. Amastha, aliás, tem se tornado, cada vez mais, figura recorrente nos convites partidários. Durante o encontro do PMDB, no último sábado, o presidente nacional da legenda, o senador Valdir Raupp, convidou o empresário naturalizado brasileiro para compor o partido do vice-presidente Michel Temer.

Desenho começa a ser feito

Além de Sargento Aragão, outros deputados já informaram que pretendem concorrer à cadeira maior do Executivo Municipal no ano que vem.

Na manhã de ontem, Wanderlei Barbosa (PSB) informou ao Conexão Tocantins que está pronto para a disputa interna com o reitor da Universidade Federal do Tocantins, Alan Barbiero para ser o candidato do partido na campanha do ano que vem. Já o citado PMDB, no mesmo evento do “convite” a Amastha, já havia anunciado o nome do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eli Borges como o nome da legenda para ocupar o lugar de Raul Filho (PT) em 2012.

Vale ressaltar que ambos os deputados, caso confirmados, devem disputar a eleição do ano que vem contra o também deputado Marcelo Lelis (PV) que vem despontando como principal concorrente ao Paço Municipal de Palmas para a eleição do ano que vem.