Cultura

Foto: Divulgação

Dentre tantas outras coisas, para os estudantes tocantinenses férias é sinônimo de.... ensaio musical! Claro, isto ao menos para os integrantes do Coral Estudantil Mil Vozes do Tocantins, que vão se apresentar durante a Feira Literária Internacional do Tocantins (Flit), na escadaria do Palácio Araguaia, em Palmas, no dia 3 de agosto, data de encerramento do evento.

Aluna do 1º ano do Colégio Militar de Palmas, Sarah Rachel Santos de Carvalho afirma que de tanto ensaiar em casa durante as férias, até as irmãs já decoraram o repertório a ser apresentado. “Eu estou ansiosa demais pela chegada do dia da apresentação, pois amo cantar e está será uma ocasião muito especial. Diversas vezes, durante estas férias, eu ensaiei com as minhas irmãs, que me ajudam com as canções, já que elas sabem todas de cor de tanto me ouvirem”, brinca Sarah Carvalho, que tem 14 anos e é uma das solistas do grupo.

Com cerca de quatro anos de experiência em corais, Glaubty Félix Camárcio Rocha, estudante de 15 anos do 1º ano da turma de eletrotécnica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), diz que ensaiar durante as férias não é um sacrifício, e que faz isto por amor à música. “A Flit será um evento enorme, e por causa do imenso público que vai nos assistir eu confesso que estou um pouco nervoso, apesar de já ter me apresentado para grandes platéias antes. Eu sonho em ser cantor, por isto ensaio sempre, inclusive nas férias, já que cantar para mim é motivo de alegria”, revela Glaubty Rocha, também solista do Mil Vozes.

Últimos ensaios coletivos

De acordo com a assessora especial da Superintendência de Educação de Tempo Integral da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e regente do Coral Mil Vozes, Marta Alves Silveira, ainda vão ocorrer dois ensaios coletivos antes da apresentação da Flit, nos dias 1º e 2 de agosto, mas, de forma geral, o grupo já está preparado para dar um espetáculo ao público que for prestigiá-lo. “Todos os integrantes estão muito bem preparados, e isto se deve à dedicação dos próprios alunos e, também, dos professores de cada unidade escolar envolvida, que vestiram a camisa do projeto e se dedicaram ao máximo, mesmo aqueles que nem são da área musical.

Devido ao empenho de todos, vamos para os dois últimos ensaios gerais preocupados apenas com os pequenos ajustes; estou certa de que faremos uma apresentação maravilhosa”, exalta Marta Silveira, lembrando que os dois últimos ensaios coletivos serão realizados na Escola Municipal de Tempo Integral Padre Josimo Tavares, na quadra 303 Norte, em Palmas.

Repertório

No total, o Mil Vozes vai apresentar 15 canções, tanto regionais, como nacionais e estrangeiras. Algumas delas são o “Hino ao Tocantins”, de autoria de Genésio Tocantins; “Taquarulua”, de Dorivã; “Sementes do amanhã”, de Erasmo Carlos; “O amor chegou”, de Elton John e Tim Rice; “Oh!, happy day!”, de Lou B. Rogers e Jenny Johns; “Primavera”, popularizada por Tim Maia; e “A banda”, de Chico Buarque; dentre outras.

Objetivo

Com o objetivo de proporcionar a integração entre as unidades escolares estaduais, municipais e federal da Capital, aproximar estudantes de realidades sociais distintas e eles todos do universo musical, o Coral Mil Vozes vai ao encontro da proposta das Escolas de Tempo Integral, que proporcionam aos alunos conviverem, diariamente, com diversas práticas artísticas, sendo a música uma delas. Segundo o secretário de estado da Educação, Danilo de Melo Souza, esta metodologia estimula o desenvolvimento social e emotivo dos estudantes. “Este projeto é essencial como elemento de formação destes meninos e destas meninas, pois apresenta valores importantes e estimula o conhecimento estético e sócio-emocional de cada um deles, firmando os princípios bons, como o focado em vivermos em uma sociedade fraterna,” explica Danilo de Melo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Seduc