Estado

Foto: Lia Mara

Foi lançado na noite dessa quinta-feira, 4, o projeto Agenda Tocantins. Uma iniciativa do Governo do Estado, em parceria com a Organização Jaime Câmara, que promoverá fóruns e encontros com moradores de todos municípios tocantinenses para discutir as necessidades locais relacionadas a nove temas (produção, meio ambiente, infraestrutura, cidadania, inclusão social e conhecimento, saúde, segurança e gestão pública).

Para atingir esses municípios, o Estado foi dividido em nove centros administrativos (região centro norte, região sul, região centro oeste, região norte, região sudeste 2, região noroeste, região sudeste 1, região centro leste). Os encontros devem ocorrer entre 11 de agosto e 30 de novembro. A primeira região a receber o Agenda Tocantins será a Centro Norte do Tocantins, no município de Guaraí, abrangendo 16 municípios do entorno.

Durante o lançamento do Agenda Tocantins, que contou com a participação do governador de Goiás, Marconi Perillo, e outras autoridades e personalidades goianas, o governador Siqueira Campos destacou a importância da realização do projeto e sua dinâmica, que consiste na promoção de audiências públicas para colaborar com o efetivo desenvolvimento do Tocantins.“O Agenda Tocantins possibilitará que muitas cabeças, pensando juntas, tragam soluções definitivas e duradouras para as questões que mais nos afligem. Ninguém melhor que o próprio morador local para saber dos problemas e dos encaminhamentos para resolvê-los”, disse.

Segundo o governador Siqueira Campos a meta é que, ao final do governo, o Tocantins possa apresentar um modelo de gestão pública “com qualidade incomparável”, frisou Siqueira Campos.

Em seu discurso, o governador de Goiás, Marconi Perillo, falou sobre a experiência de seu Estado com relação ao Agenda Goiás, realizado em 2005. “Em Goiás conseguimos atingir resultados maravilhosos que possibilitaram o melhor desenvolvimento regional. Tenho certeza que no Tocantins não será diferente, ainda mais tendo Siqueira Campos no seu comando”, finalizou.

Parceria

A equipe do Jornal do Tocantins, veículo da OJC, produzirá cadernos especiais sobre o projeto e fará a divulgação jornalística dos fóruns e debates, trabalho com o qual a OJC vai faturar. Até o momento o governo não informou os custos de tal parceria para o cofre público. (Da redação com informações Secom)