Polí­cia

Foto: Divulgação

O 3º Pelotão Operacional da Cipama, com sede em Gurupi (TO) vem desenvolvendo várias atividades para prevenir e reprimir ações criminosas na região sul do Estado. Dentre essas atividades são desenvolvidas ações educativas e fiscalizatórias. Sob a coordenação do comandante do 3º Pelotão Ambiental - 1º tenente QOPM Daniel Silva Pimentel de Morais, a operação desenvolvida nessa quarta-feira, dia 10 de agosto, culminou no registro de três ocorrências; incêndio, pesca predatória e porte ilegal de arma de fogo.

O incêndio aconteceu no centro de Gurupi. A guarnição desenvolvia o trabalho de fiscalização ambiental quando avistou nuvens de fumaça, e ao dirigir-se ao local flagrou Arnaldo Evangelista da Cruz e José Carlos Sampaio da Silva ateando fogo em uma área de pastagem dentro da área conhecida como Arroz Araguaia.

Questionados pelos militares sobre o motivo da queimada os infratores informaram que estavam fazendo a limpeza do local. O que para eles seria a maneira mais econômica (roçando e praticando a queimada, sem licença ou autorização do órgão ambiental competente) resultou em num grave problema para a região, tendo o fogo se alastrado e queimado quase toda a área agropastoril do terreno.

Após acionada a Policia Técnica Cientifica e lavrado o laudo técnico os envolvidos foram conduzidos à Central de Flagrantes de Gurupi-TO, onde foram apresentados a autoridade policial de plantão, a qual lavrou o TCO ( Termo Circunstanciado de Ocorrência), com base no Artigo 250, Parágrafo 2º do CPB – Incêndio Culposo, expondo a perigo a vida, integridade física ou a patrimônio de outrem.

Formoso do Araguaia

Na cidade de Formnoso do Araguaia o chacareiro Lucas Bezerra da Silva foi autuado por pesca predatória. O mesmo é proprietário da Chácara dos Amigos no Lago da Taboca, naquele município. No local a equipe da Cipama encontrou 14 kg de pescados diversos, cinco redes, uma tarrafa, uma zagaia, duas espingardas - uma calibre 36 marca CVC nº 38535 e uma bate-bucha de fabricação caseira. Após se responzabilizar pelo pescado e pelas armas o proprietário da chácara, Lucas da Silva, foi conduzido a Delegacia de Policia Civil de Formoso do Araguaia –TO, onde foi feito o TCO ( Termo Circunstanciado de Ocorrência) e Lavrado o Auto de Infração no valor de R$ um mil reais, além do termo de apreensão e posse ilegal de arma de fogo.

O comandante da Cipama – Tenente coronel Félix Francisco dos Santos Neto destacou que o trabalho do 3º Pelotão da Polícia Militar Ambiental (Cipama) vem produzindo resultados positivos no decorrer das ações educativas e fiscalizatórias ambientais, “pois o objetivo principal é a prevenção e repressão as infrações e crimes ambientais, dentre os outros”, afirma o comandante. (Assessoria de Imprensa PM)