Estado

Foto: Divulgação

Com a chegada na manhã desta terça, 16, em Brasília, as trabalhadoras rurais do Tocantins e de vários outros estados brasileiros, participam da Marcha das Margaridas 2011, movimento realizado hoje e amanhã, 17, em prol dos direitos de mulheres trabalhadoras de todo o país.

Reivindicações que abrangem educação e saúde no campo, o fim da violência, discriminação e trabalho escravo, além da desigualdade de gênero estão na pauta de discussões que contarão com a participação de trabalhadoras rurais, políticos e representantes de classes. Do Tocantins 13 ônibus compõem a comitiva estadual, levando cerca de 600 “Margaridas” para participarem do movimento.

A programação está prevista para começar às 14h desta tarde, com a abertura política da Marcha, no Parque das Cidades, pavilhão Expobrasília. Na manhã desta quinta, a partir das 9h, ocorrerá um ato político na Explanada dos Ministérios.

Concentração

Antes de embarcar rumo à Brasília, o grupo do Tocantins fez uma caminhada no fim da tarde desta segunda, 15, saindo da Avenida JK e seguindo para a Praça dos Girassóis, se concentrando na entrada norte do Palácio Araguaia.

Com a presença de autoridades, líderes sindicais e da deputada Amália Santana (PT), os participantes da Marcha receberam as comitivas dos estados do Pará e Maranhão e aproveitaram para reforçar a luta em prol dos direitos das mulheres trabalhadoras rurais.

A deputada Amália Santana fez questão de participar, desejando uma boa jornada à Brasília e reforçando que para que haja avanços é preciso luta. “Vocês conhecem bem a realidade em que vivem, as dificuldades na saúde, educação, entre tantas outras, a luta por mais dignidade sempre valerá a pena”, disse. (Ascom Amália Santana)

Por: Redação

Tags: Amália Santana, Marcha das Margaridas