Estado

Foto: Divulgação

Depois das críticas e pronunciamentos do deputado líder da oposição Sargento Aragão (PPS) na Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira, 31, o reitor da Unitins Joaber Divino Macedo comentou o assunto ao Conexão Tocantins.

Segundo o reitor questionar a Unitins pela organização do novo certame do Quadro Geral que está sendo preparado é uma injustiça. “Eu discordo.A universidade não teve problemas no outro concurso o que ocorreu foram falhas por parte da empresa contratada”, salientou.

Joaber argumentou ainda que a instituição tem perdeu a credibilidade em razão dos erros encontrados no certame que foi cancelado pelo governador Siqueira Campos (PSDB). “A Unitins tem credibilidade, atende milhares de alunos e tem um quadro de profissionais exemplar. Nada a desqualifica a prestar nenhum trabalho à sociedade”, pontuou.

“Não aconteceu nada de desonesto no outro concurso e sim falhas técnicas foi a Universa que prestou mal o serviço e não se pode questionar a credibilidade da Unitins por isso”, completou.O líder da oposição propôs ainda que a sociedade se já consultada sobre a organização do novo concurso.

Novo certame

A Unitins junto com a Secretaria Estadual de Administração é a responsável pelo novo certame e reuniões já acontecem para viabilizar os últimos detalhes. A previosão é que dia 5 de setembro seja publicado o cronograma de execução do novo concurso.

Segundo o reitor a instituição vai provar através do novo certame que é uma entidade de respeito. “A Unitins vai fazer o trabalho e provar à sociedade que somos uma instituição de respeito”, disse.

O certame que foi cancelado teve mais de 104 mil inscritos e previa seis mil vagas.