Polí­tica

Foto: Divulgação

A previsão para realização do processo eleitoral interno do PMDB Estadual é para o mês de outubro, segundo informou a direção do partido nesta sexta-feira, 23. O atual presidente interino, deputado Júnior Coimbra começou sua movimentação e ganhou ontem o apoio da bancada estadual e dos ex-governadores Marcelo Miranda e Carlos Gaguim.

Na residência de Marcelo os deputados Vilmar do Detran, Ricardo Ayres, Josi Nunes, Iderval Silva, José Augusto Pugliese e Eli Borges assinaram manifesto a favor da continuidade de Coimbra na condução da legenda.

Do outro lado está o deputado Sandoval Cardoso que já declarou intenção de disputar o diretório com Coimbra. O parlamentar está afastado das atividades do partido e não participou nem do evento com o presidente nacional Valdir Raupp realizado este ano.

Sandoval demonstrou inclusive abertura para conversar com o atual governo como afirmou ao Conexão Tocantins. Cada chapa da disputa interna na legenda deverá ter 107 membros incluindo lideranças dos diretórios municipais.

Apoio para 2012

Questionado sobre a preferência entre Sandoval e Coimbra o ex-governador do partido Moises Avelino frisou ao Conexão Tocantins que irá votar no pleito mas sem participar das discussões da cúpula. Sua decisão será pessoal, disse Avelino.

No entanto o ex-governador disse que já recebeu sinal positivo de Coimbra e também de Marcelo Miranda para sua candidatura em Paraíso do Tocantins. “Eu sou ex-governador mas nem sou chamado para sentar com a cúpula. Vou ficar no meu canto mas vou votar no dia, só que o relacionamento com o pessoal do partido é bom”, frisou.