Polí­cia

Foto: Divulgação

Na última sexta-feira, 23, por volta das 12 horas, policiais da 1ª e 2ª delegacias de polícia de Colinas do Tocantins, juntamente com policias do serviço reservado da 3ª CIPM/Colinas, deram cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de Jorge Pereira da Silva, vulgo “Bil”, o qual responde a crimes de roubo qualificado com arma de fogo e formação de quadrilha.

O preso era um dos alvos da operação Coca da Boa parte II “Quebrando a Banca”, mas na data da deflagração da operação 19/09/2011 teria se evadido de Colinas tomando rumo ignorado.

Na manhã do dia 23 o serviço reservado da 3ª CIPM, apurou a possível localização do acusado e informou aos Delegados da 1ª Delegacia, Vinicius Mendes, e o titular da 2ª Delegacia, Jéter Aires, os quais determinaram aos agentes de polícia que se deslocassem até o local citado para o devido cumprimento do mandado de prisão.

Após uma campanha montada, pelas forças policias, nos arredores do local indicado onde se encontrava o suspeito, o mesmo foi preso e conduzido até a delegacia de Polícia Civil de Colinas onde foi ouvido e encaminhado a cadeia pública local.

Segundo informou o delegado Vinicius Mendes, Jorge cumpria pena em regime semi-aberto em Colinas e, também havia sido condenado na comarca de Araguaina por diversos crimes de roubo, sendo que suas penas somadas chegariam a 54 anos de reclusão, todavia só havia cumprido pouco mais de oito anos em regime fechado.(Ascom SSP)