Estado

Foto: Divulgação Sistema Único de Assistência Social oferece ações como os cursos que geram renda para as famílias Sistema Único de Assistência Social oferece ações como os cursos que geram renda para as famílias

A abertura da VIII Conferência Estadual de Assistência Social acontece nesta quarta-feira, 28, às 19 horas no auditório do Ceulp Ulbra na Avenida Teotônio Segurado em Palmas.

A Conferência reúne os 308 delegados que foram eleitos nas 125 conferências municipais para discutirem os avanços na consolidação do Sistema Único de Assistência Social – Suas, com a valorização dos trabalhadores e a qualificação da gestão dos serviços, programas, projetos e benefícios oferecidos para a população.

Segundo o secretário do Trabalho e da Assistência Social, Agimiro Costa, a Conferência pretende destacar “o que foi feito na prática, pelos órgãos governamentais, não-governamentais e conselhos, no processo de erradicação da pobreza extrema das famílias tocantinenses”.

Palestras

A VIII Conferência acontece nos dias 28, 29 e 30 a partir de quatro eixos temáticos:

- Estratégias para a estruturação da gestão do trabalho no Suas, com a palestrante Eutália Barbosa, representante do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e assessora técnica da Secretaria Nacional de Assistência Social – SNAS;

- Reordenamento e qualificação dos serviços socioassistenciais, com Kathia Nemeth Perez, conselheira estadual do Conselho Estadual de Assistência Social do Tocantins – Ceas/TO;

- Fortalecimento da participação e do controle social, com a palestrante Marisa Rodrigues da Silva, conselheira do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS;

- Centralidade do Suas na erradicação da extrema pobreza no Brasil, com a presidente do Conselho Estadual de Assistência Social do Tocantins, Maria Helena Cariaga.

Suas no Tocantins

O Sistema vem sendo implementado no Tocantins desde 2005. O Suas é uma rede de serviços de proteção e atenção à família – modelo similar ao Sus - Sistema Único de Saúde –, e que oferece ações que vão desde a abordagem da família por parte de assistentes sociais e psicólogos; inclusão social e produtiva, até o acolhimento de pessoas em caso de abandono familiar.

No Tocantins os 139 municípios aderiram ao Sistema Único da Assistência Social, desses, dez estão na gestão inicial, ou seja, estão implantando o Sistema; 128 estão na gestão básica, recebendo recursos e oferecendo serviços sociais básicos; e um na gestão plena, onde o município tem habilitação para oferecer todos os serviços de assistência social.

O governo do Estado assinou em 2007 o Pacto de Aprimoramento de Gestão do Sistema e, com isso, vem desenvolvendo ações no sentido de orientar, estimular e capacitar os municípios para a execução das políticas sociais.(Ascom Setas)