Polí­tica

Foto: Daniel Bezerra
  • Senador João Ribeiro discursa durante evento do PV

Durante o encontro regional do PV na tarde desta quinta-feira, 29, deputado estadual Marcelo Lelis, presidente regional da legenda frisou que o momento é de união entre os partidos aliados do governador Siqueira Campos (PSDB). De acordo com ele, o PV está pronto para receber o apoio dos aliados, assim como está pronto para apoiar o melhor projeto. “Nosso projeto não é maior que o de ninguém”, disse.

O deputado ainda frisou que, passado o momento da escolha do melhor candidato, caso seja escolhido como o nome da base governista para disputar a Prefeitura de Palmas, o PV irá convocar os aliados para debater o melhor projeto para a cidade. “Vamos chamar os partidos irmãos e discutir todos os nossos projetos”, completou

Apoios federais

O senador João Ribeiro (PR), em seu discurso, frisou a importância da pluralidade das pré-candidaturas do grupo de apoio do governador Siqueira Campos (PSDB) para as eleições do ano que vem. De acordo com ele, é preciso que o grupo permaneça unido independente do candidato lançado.

De acordo com o senador, inclusive, o PR em Palmas possui 4 possíveis candidatos com capacidade de atingir uma candidatura no ano que vem. O vereador Lúcio Campelo, a deputada Luana Ribeiro, a ex-deputada federal Nilmar Ruiz e o vereador José Hermes Damaso, que ainda não é filiado ao PR, mas que irá efetivar sua filiação ainda nesta semana.

Mesmo com tantos nomes sendo lançados pela base aliada de Siqueira, o discurso recorrente entre os líderes partidários é o da união. Com o senador do PR não foi diferente. Segundo ele, “uma coisa que devemos ter em mente é que precisamos ser aliados”.

Esta unidade foi o foco também do discurso do deputado federal Eduardo Gomes (PSDB), que também é um virtual candidato governista à Prefeitura de Palmas. Mesmo disputando a vaga com Lelis e os pré-candidatos do PR, Gomes frisou que Lelis lança sua pré-candidatura no momento certo. “Muito mais do que lançar uma candidatura, você terá a oportunidade de construir uma candidatura muito mais forte” disse, virando-se para Lelis.

Mesmo de Brasília, Gomes destacou que nunca se afastou das discussões polítco-eleitorais em torno das eleições do ano que vem. De acordo com ele, a intenção é continuar participando do debate. “Eu não estou e nem pretendo estar afastado da formação e do debate em torno da nossa candidatura do grupo”, completou.

Mesmo dando apoio a Lelis, Eduardo Gomes ainda não deixou de lembrar que continua presente na corrida pelo apoio da base governista nas eleições do ano que vem. “Antes eu dizia que queria ser prefeito de Palmas. Agora digo que quero um bom prefeito para Palmas, mesmo que seja eu”, disse em tom bem-humorado.