Polí­cia

Foto: Divulgação

Policiais civis, da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos – Denarc com apoio da equipe do Grupo de Operações Táticas Especiais – Gote, fecharam na manhã desta sexta-feira, 30, mais uma boca de fumo na Capital. Durante a ação foi preso Manoel Pereira de Lima Filho, vulgo “Grande”, de 37 anos, e apreendidos aproximadamente 100 gramas de crack, 600 gramas de maconha, além de mais de R$ 5.900,00 em dinheiro.

A operação teve o objetivo de cumprir mandado de busca domiciliar na residência de Manoel Pereira, que fica localizada em uma chácara próxima ao setor Industrial, em Taquaralto.

De acordo com os delegados da Denarc, Márcio Girotto Vilela e Rossilio Souza Correia a equipe de Policiais da Denarc há mais de 30 dias monitorava a chácara, local considerado pela polícia como ponto de venda e armazenagem de drogas, além de refúgio para infratores se organizarem para a prática de crimes.

“Ficou revelado nas investigações que a grande quantia em dinheiro apreendida no local era usada para aquisição e venda de drogas e que o principal comparsa de Manoel Pereira e também proprietário das drogas e dinheiro, é um individuo de nome Welton Dourado Santana, vulgo “Branquelo/Negão”, o qual encontra-se foragido da Justiça”, disse Girotto.

Manoel Pereira, de acordo com a PC, tem várias passagens pela polícia pelo crime de tráfico de drogas. Hoje, ele foi preso em flagrante, pelo mesmo delito, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/06, e já foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória da Capital, onde ficará à disposição da Justiça. (Assessoria de Comunicação Polícia Civil)