Estado

Foto: Divulgação

Representantes da Policia Rodoviária Federal, Policia Militar, Detran, Secretarias Estaduais de Educação e Segurança Pública e Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte se reuniram na manhã de ontem, sexta-feira,30, na sala da presidência da Assembleia Legislativa para debater propostas para diminuir a violência no Trânsito no Estado do Tocantins.

Durante a reunião comandada pela deputada estadual Josi Nunes (PMDB), autora do requerimento que solicitou a audiência publica que discutirá o Trânsito no Estado e na capital no próximo dia 18, foram sugeridas várias ações para solução deste grande problema que envolve toda a população tocantinense.

Segundo o comandante do policiamento do interior, coronel Gilberto Nogueira, umas das alternativas é a criação de um Batalhão de Trânsito. “Já passou da hora de termos um Batalhão especifico para o trânsito, com profissionais capacitados para atuar diretamente nesta área”, disse.

Para o sub-secretário de Segurança Pública do Estado, Fernando Ubaldo, uma medida importante é a implantação da disciplina Trânsito nas escolas, sugestão essa, que foi apoiada e citada por todos os presentes na reunião.

De acordo com o superintendente de Transito, Transporte e Mobilidade, Manoel Messias Dias, a educação no transito deve ser trabalhada de forma contínua e não apenas na semana do Trânsito. “A fiscalização é importante, mas eu acredito muito na educação, que deve ser trabalhada de forma diferenciada através de ações que atinjam diretamente o publico alvo”, destacou.

Conforme apontou o diretor executivo do Detran, Lélio Dias de Souza, o órgão tem trabalhado em projetos que focam a educação. “Nosso propósito maior é focar na Educação e criar multiplicadores. Nós estamos buscando de fora, as idéias que deram certo, para que o Tocantins saía do ranking dos trânsitos mais violentos do país”,frisou.

Avaliando esse primeiro encontro de forma positiva, a deputada Josi Nunes disse que o encontro permitiu a integração de todas as áreas. “A partir de agora nós iremos elaborar um documento com todas essas sugestões, que será apresentado na audiência publica e nós queremos que a comunidade, através do nosso site, possa contribuir com propostas que também poderão ser incluídas nesse documento, pois com este,nós parlamentares vamos estar trabalhando, utilizando da nossa força política para fazer intermediações com todos os órgãos municipais, estaduais e federais, no sentindo de concretizar essas propostas discutidas aqui, que serão concluídas na audiência”,completou. (Assessoria de imprensa Josi Nunes)