Saúde

As discussões em torno do atendimento aos Pacientes com Necessidades Especiais (PNE) em todo o país serão os principais focos da 24ª Jornada Brasileira - JOPE, em Palmas, de quarta, 12, a sexta-feira, 14, no Auditório do Comando Geral da Polícia Militar. O evento terá início às 8h, e vai reunir as maiores autoridades no assunto, inclusive ministrando palestras para os profissionais da saúde e áreas afins, como profissionais e acadêmicos da Odontologia, Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Educadores, do Serviço Social e demais profissionais interessados.

O presidente da JOPE nacional, Eduardo Hudson do Amaral, chegou ontem, domingo, 9, à capital do Tocantins. Como coordenador do Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial de Joinville - SC, ele vai abrir a Jornada tocantinense trazendo o panorama da Odontologia e da saúde integral para esse público, os desafios e as conquistas no Brasil.

A Jornada Brasileira deverá ter participantes de várias regiões do Tocantins e de outros estados da Federação, além de diversos segmentos relacionados a saúde, educação, e direitos dos PNEs visto que sua situação tem grande abrangência e vai além da Odontologia. A Comissão Organizadora da JOPE destaca que esta é uma oportunidade ímpar que os profissionais do segmento têm para conhecer mais sobre a saúde integral do PNE, dentro de um conceito mais amplo e com base nos protocolos específicos.

“A JOPE pretende desmistificar o conceito de PNE, que compreende desde o paciente com uma ‘simples pressão alta’ até aquele que tem o mais alto grau de comprometimento sistêmico. A Jornada é de fundamental importância, pois trará aos profissionais do Tocantins uma oportunidade de capacitação e atualização sobre os novos protocolos de atendimento a esse público”, afirma Cintia Ferreira, presiente da XXIV JOPE.

Toda a programação científica, os palestrantes e seus currículos estão a disposição no site da Jornada, no http:/www.24jope.com.br. (Assessoria de Imprensa)