Polí­tica

Depois que representantes de servidores entraram em contato com o Conexão Tocantins alegando estarem prejudicados sem justificativa e comprovação por cortes nos pagamentos, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Pedro Afonso negou qualquer tipo de perseguição política.

Os servidores acionaram o Ministério Público Estadual pelos descontos, segundo eles, sem comprovação. “Em nenhum momento a Prefeitura Municipal de Pedro Afonso adotou qualquer medida que caracterizasse perseguição política, tendo em vista que os descontos realizados são embasados em relatório entregue pelo fiscal de vigia que é responsável pelo acompanhamento dos dias trabalhados pelos vigilantes noturnos desta Prefeitura”, informou a Assessoria em nota.

Ao contrário do que afirmaram os servidores, apenas 11 funcionários, segundo a Prefeitura tiveram descontos da folha de pagamento por dias não trabalhados. Todos, vigilantes noturnos, segundo consta na nota.

“Os vigilantes noturnos da Prefeitura de Pedro Afonso trabalham no regime 12x36, ou seja, trabalham 12h diárias e folgam 36h. Quando o funcionário falta a um dia de trabalho caracteriza-se duas faltas”, explicou a Prefeitura.

Confira a abaixo a nota da Prefeitura de Pedro Afonsona íntegra.

Nota a Imprensa

A Prefeitura Municipal de Pedro Afonso vem a público esclarecer as denúncias que circularam na imprensa no que tange a descontos realizados nos salários de alguns funcionários. Diante disto a Prefeitura de Pedro Afonso informa que:

· Os descontos realizados são referentes aos dias não trabalhados por alguns servidores (11 funcionários) que ocupam cargo de vigilante noturno;

· Em nenhum momento a Prefeitura Municipal de Pedro Afonso adotou qualquer medida que caracterizasse perseguição política, tendo em vista que os descontos realizados são embasados em relatório entregue pelo fiscal de vigia que é responsável pelo acompanhamento dos dias trabalhados pelos vigilantes noturnos desta Prefeitura. Para se ter uma idéia existe funcionário que acumula um total de 20 dias seguidos não trabalhados, sem nenhuma justificativa que abone tais faltas;

· Os vigilantes noturnos da Prefeitura de Pedro Afonso trabalham no regime 12x36, ou seja, trabalham 12hrs diárias e folgam 36hrs. Quando o funcionário falta a um dia de trabalho caracteriza-se duas faltas;

· A Prefeitura informa ainda que não adota e repudia qualquer manifestação política que acarrete em prejuízos para os servidores públicos municipais, se colocando a disposição de qualquer servidor para apresentar justificativa relativa aos descontos realizados.

Eliezer Macedo

Assessor de Comunicação