Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Milton Neris (PR) que é líder do prefeito Raul Filho (PT) criticou na Câmara de Palmas o anúncio do governador Siqueira Campos (PSDB) sobre a construção do Catirandê Park Show, que deverá acomodar 100 mil pessoas. Para Neris, a beneficiada será a iniciativa privada e não a população. “Muito melhor seria ajudar a construir um espaço, na região Sul, que atendesse nossos artistas.”

“O governo precisa sentar conosco e discutir a macrodrenagem da cidade e outras obras, mas está preocupado em garantir o voto que teve com shows”, acusou.

Reclamou, também, que o governo estadual não devolveu o patrimônio imobiliário do município e fala em construir um prédio administrativo de 12 andares. “O povo acreditou no Siquerido, achou que ele tinha mudado e ia fazer mais, mas ele está brincando conosco. Onde estão as escolas de tempo integral?”, disse.

Lúcio Campelo (PR) elogiou o prefeito Raul, que segundo ele “trabalha diuturnamente” pela cidade e precisa de apoio, mas disse ter estranhado o colega colocar nas costas do governo estadual a culpa por todos os problemas de Palmas. “O governador está pensando no futuro, em garantir que o Estado tenha um centro administrativo", disse.

Lembrou que os ex-governadores Marcelo Miranda (PMDB) e Carlos Gaguim (PMDB), que tinha o apoio de Neris, também não resolveram os problemas de Palmas apontados pelo vereador. “Com apenas dez meses de governo, não tem como fazer tudo o que a cidade precisa”, disse o parlamentar, lembrando a necessidade de dar tempo a Siqueira. Defendeu a continuidade do diálogo entre Estado e Município. Sobre o Catirandê, informou que a Capital vai fazer parte do calendário nacional de eventos. Anunciou, ainda, que, no próximo ano, o Estado vai construir 7 mil unidades habitacionais em Palmas, em parceria com a União.

(Com informações da Câmara de Palmas)