Polí­tica

Foto: Divulgação Angelo Agnolin sustenta que o PDT continua no grupo de oposição ao governador Siqueira Campos Angelo Agnolin sustenta que o PDT continua no grupo de oposição ao governador Siqueira Campos

O PDT, presidido no Estado pelo deputado federal Angelo Agnolin se aproxima do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Palmas, Marcelo Lelis (PV). O pevista confirmou na semana passada que iria abrir diálogo com partidos que não são da base do governador em busca de apoio. Lelis conversou diretamente com a vice-prefeita e também pré-candidata Edna Agnolin (PDT). “Se ele conversou não foi comigo o contato teria sidodireto com a vice-prefeita”, confirmou Agnolin.

Para o deputado, é natural essas conversas iniciais entre os pré-candidatos mesmo estando em grupos diferentes. “Vejo a conversa como natural, afinal conversa não quer dizer compromisso e acho que deve ter um diálogo franco entre os concorrentes”, justificou.

Edna participa do grupo intitulado suprapartidário composto por alguns partidos do grupo do prefeito de Palmas, Raul Filho. “Nós já passamos essa fase de adversários inimigos”, pontuou.

A abertura de diálogo entre a vice-prefeita e Lelis é apenas um gesto simpático na opinião de Agnolin e não significa ponto de partida para uma possível aliança para 2012. “Toda conversa é saudável”, disse.

Oposição

Questionado se é oposição ao governo do Estado Agnolin sustenta que permanece no grupo que foi contra a coligação do governador Siqueira Campos. “Somos oposição pela origem da eleição”, frisou. No entanto, o parlamentar em razão das atividades em Brasília tem se aproximado de governistas. “Mantemos uma relação amistosa e procuramos apoiar o que é bom para o Estado”, afirmou.