Estado

Deu início nesta segunda-feira (21/11) o Curso de Formação para Conciliadores Voluntários realizado pela Escola Superior de Magistratura do Tocantins (ESMAT) em parceria com a Central de Conciliação da Comarca de Palmas.

O evento acontece no salão do Tribunal do Júri, localizado no 2° andar do Fórum de Palmas e tem o objetivo de formar mediadores voluntários que irão presidir as audiências de conciliação que serão realizadas na Semana Nacional de Conciliação, marcada para próxima segunda-feira (27/11).

As inscrições se estenderam até terça-feira (15/11) com total de 300 escritos pertencentes às inúmeras Comarcas do Estado. Para o Juiz e coordenador da Central de Conciliação, Nelson Coelho Filho, o curso vem garantir a efetividade dos participantes durante a Semana Nacional de Conciliação. “Tendo em vista que a conciliação é o melhor método para resolução de conflitos, ressaltamos a importância de prepará-los para presidirem as audiências” ressalta.

O curso é realizado em duas modalidades, presencial e à distância. Este último refere-se aos voluntários residentes nas Comarcas espalhadas pelo Tocantins que acompanham o evento transmitido via satélite pelo canal 5, nos televisores das respectivas Comarcas. Nesta segunda-feira estão sendo ministradas palestras sobre o papel do conciliador no Poder Judiciário e a conciliação como método resolutivo de conflitos. Esta última temática levantada pelo Juiz de Direito da 5ª Vara Cível de Palmas, Lauro Augusto Moreira Maia.

Por fim, as conciliadoras Indira Matos, Khellen Alencar e Paola Lazzaretti deram instruções gerais sobre a Semana Nacional de Conciliação. Nos dois dias restantes serão realizadas oficinas especiais com grupos de atuação que trabalharão dinâmicas e também participarão de audiências simuladas nas Varas Cíveis.

Os voluntários serão capacitados para presidirem as audiências marcadas para o movimento de conciliação. Eles terão direito aos certificados referentes ao curso e também à sua atuação nas sessões, além de material didático.

A acadêmica do 9° período de Direito do Centro Universitário Luterano Brasileiro (ULBRA), de Palmas, Alana Caroline de Carvalho Lima, atuou na Semana de conciliação exercício de 2010 e voltará a auxiliar nas audiências deste ano. “Pelo fato de estudar na área, logo percebo a lentidão que alguns processos levam no Judiciário. Com isso a conciliação realmente torna mais rápida a resolução de conflitos”, expressa.

O evento se estenderá até esta quarta-feira (23/11) com a realização de estudo de caso e audiências simuladas. A programação do curso pode ser visualizada no site do Tribunal de Justiça, link ESMAT. (Ascom TJ)