Educação

Foto: Divulgação

O governo do Estado, por meio da Seduc – Secretaria da Educação em parceria com a Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário estudam a possibilidade de implantar a carne de peixe no Programa Estadual de Merenda Escolar. Na tarde desta segunda-feira, 21, a subsecretária de Aquicultura e Pesca, Miuky Hyashida reuniu-se, na Seagro, como representante da Seduc, o nutricionista Juliano Vidal Barbosa Filho.

A proposta do programa é atender as escolas estaduais de nível fundamental, médio e EJA – Educação para Jovens e Adultos. A expectativa é de que sejam atendidos cerca de 400 mil alunos em todo Estado.

De acordo com a subsecretária Miyuki Hyashida, o projeto propõe levar uma alimentação saudável para os alunos e, ao mesmo tempo, dar oportunidade de trabalho aos pescadores ribeirinhos. A meta é beneficiar ospiscicultores que farão parte do Piratins – Projeto para criação de peixe em tanques-rede.

“É a nossa intenção propor aos piscicultores oportunidades para que, eles possam movimentar a economia com a pesca”, reforçou Miyuki, acrescentando que a intenção das Secretarias do Estado é inserir a alimentação de peixe no PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar. (Ascom Seagro)

Por: Redação

Tags: Aquicultura e Pesca, Miuky Hyashida, Seagro