Polí­cia

Foto: Ascom 5ª CIPM

Segundo informação da 5ª CIPM, por volta das 10h deste último domingo, 27, policiais militares do destacamento PM de Maurilândia receberam a informação de que dois de três acusados de vários furtos que estavam ocorrendo na cidade estariam escondidos na mata do entorno da cidade, e que teriam ido comprar mantimentos em um comércio local.

Imediatamente, os militares de serviço no destacamento local pediram reforço à sede da 5ª Companhia e saíram em diligência. No local informado, constataram quando dois suspeitos com as características informadas estavam no comércio mencionado, os quais, ao perceber a presença da guarnição de polícia, tentaram fugir.

Houve perseguição aos criminosos, e um deles, Cleiton da Conceição, 20 anos, entregou-se à polícia; o outro, Tiago da Costa Farias, 22 anos, evadiu-se do local para um matagal. Com a chegada do reforço de Tocantinópolis e Luzinópolis, houve um cerco maior ao acusado, e por volta das 15h, Tiago foi capturado.

Durante as buscas, foram encontradas quatro armas de fogo com os criminosos, sendo elas uma espingarda cartucheira calibre 20 de fabricação caseira com 24 cartuchos intactos e 02 deflagrados, uma espingarda cartucheira cal 28 GA modelo 199.2 nº FBE03185 com um cartucho intacto, uma espingarda cartucheira Rossi cal 32 nº S796008, uma espingarda carabina CBC Magnetch cal 22 nº NIE3024018 e três cartuchos calibre 36, ambas em perfeito estado de conservação.

Com eles também foi encontrado uma motocicleta Honda CG-125 de cor vermelha, ano e modelo 2002, placa MVS 7561 de propriedade de Alexandre Lima de Sousa, roubada também na cidade de Maurilândia, a qual se encontrava escondida nas margens da rodovia Transamazônica, entre o Povoado de Macaúba e a cidade de Araguatins/TO. Os presos, as armas e a motocicleta foram entregues à Delegacia da Cidade de São Miguel para as devidas providências. O terceiro integrante da quadrilha, conhecido por apenas Jardson, conseguiu fugir do cerco policial. (Ascom/5ªCIPM)

Por: Redação

Tags: 5ª CIPM, Maurilândia, Polícia Militar