Educação

Foto: Divulgação

George Breno dos Anjos Queirós, de 17 anos foi o representante do Tocantins na 4ª edição do Concurso de Redação do Senado. O jovem que cursa o 3º ano do Ensino Médio no Colégio Estadual Joaquim de Sena e Silva, em Combinado, ganhou como prêmio uma viagem à Brasília onde participou do programa Jovem Senador, com outros 26 estudantes dos demais estados brasileiros. A intenção do concurso, que este ano trouxe como tema "O Brasil que a gente quer é a gente quem faz", é trazer uma reflexão sobre o processo democrático e o exercício da cidadania. Participaram da seleção estudantes do 2º e 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, com idade de 16 a 19 anos.

Os 27 finalistas tiveram a oportunidade de atuar como senadores, durante três dias, simulando todo o processo legislativo, desde a elaboração à aprovação de leis, exercendo o mandato com as atividades reais de um parlamentar. No Senado, os alunos foram recebidos pelo presidente José Sarney e diplomados Jovens Senadores. Para o representante do Tocantins, a participação no concurso serviu como estímulo para a participação em novas competições. “Sempre gostei de escrever, mas essa foi a primeira vez que participei de um concurso nacional. Acho que ter sido classificado foi bom não só pra mim, mas também para os meus colegas de escola, para que eles tenham coragem e se inscrevam assim como eu fiz e tive a sorte de ter sido escolhido”, conta George.

Segundo Emília Oliveira de Morais, coordenadora da unidade escolar onde George estuda, não foi a sorte que deu o prêmio ao estudante, mas a dedicação. “Ele é ótimo aluno, muito dedicado e talentoso. A redação escrita por ele merecia mesmo ter sido finalista”, conta. Segundo ela, a classificação é resultado das ações de incentivo à leitura e escrita desenvolvidas pela unidade escolar, o que explica também o fato de que, pelo terceiro ano consecutivo, os representantes do Tocantins no concurso tenham saído desta mesma escola. “Durante todo o ano trabalhamos a leitura, a produção de texto, e promovemos eventos que incentivam nossos alunos a ter o hábito da leitura. Acredito que esse prêmio é uma conseqüência desse trabalho feito por toda a equipe com o apoio da família”, elucida.

Em 2010 o vencedor do Tocantins no concurso foi o estudante Renato Fontes e em 2010 a aluna Geovana Campos. E os alunos destaques do Colégio Estadual Joaquim de Sena e Silva não param por aí. Em 2010, Daniel Moraes Avelino, também aluno da unidade, foi um dos 35 Jovem Embaixadores de 2010, programa de proporciona a alunos brasileiros da rede pública uma viajem de intercâmbio de três semanas aos EUA.

O Colégio Estadual Joaquim de Sena e Silva, funciona desde 1987 e tem 274 alunos matriculados no Ensino Médio. (Ascom Seduc)