Polí­tica

Foto: Divulgação

Foi realizado nesta sexta-feira, dia 2, o encontro do PV Mulher da região Centro-Oeste e Tocantins com o objetivo de discutir a participação das mulheres nas atividades políticas. Com as presenças das Secretárias da Mulher pelos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e do Tocantins, o evento reuniu dirigentes, líderes comunitárias, pré-candidatas e simpatizantes do PV Tocantins no auditório do Hotel Pousada das Artes.

Na ocasião, o coordenador da região Centro-Oeste, Eduardo Brandão que também é Secretário de Meio Ambiente pelo Distrito Federal destacou o poder transformador das mulheres através da participação nas atividades partidárias. “Presto aqui a minha maior consideração a todas as mulheres do país e mais ainda a essas mulheres valentes que resolvem encarar uma vida pública, uma vida partidária e a nos ajudar a fazer a grande transformação que nós precisamos promover no nosso planeta, no nosso país, no nosso convívio. Transformação para que os nossos filhos e filhas possam ter um convívio melhor, uma vida melhor” disse.

Relembrando o histórico de lutas femininas pelas garantidas dos direitos da mulher, bem como as conquistas já alcançadas, a Secretária Nacional da Mulher do Partido Verde, deputada estadual pelo Estado de São Paulo, Regina Gonçalves falou da importância da participação das mulheres nas decisões políticas e partidárias.

“Nós discutimos políticas públicas especificamente voltadas para os direitos da mulher há pelo menos 30 anos. Conseguimos alguns avanços, quando a gente fala, por exemplo, das cotas das mulheres, vulgarmente chamada de cotas das mulheres, que é na verdade 30% de um dos gêneros. Poderia ser 30% dos homens e 70% de mulheres, mas não é isso que ocorre. De qualquer forma, isso é uma luta que traçamos há algumas décadas em um comitê suprapartidário para que a gente pudesse ter minimamente a garantia da participação da mulher nas instâncias partidárias, quando fossem escolhidos os candidatos”. A deputada mencionou ainda o percentual de 5% do fundo partidário que obriga a ser gasto na difusão e promoção da participação feminina nos quadros partidários ou na vida política. “Isso tudo é oriundo de conquistas de movimentos femininos”.

Representando o PV Mulher Tocantins, Kellen Pedreira falou sobre os objetivos de aumentar o número de pré-candidatas para as próximas eleições. “Nosso objetivo é ter pelo menos uma pré-candidata pelo PV em cada município tocantinense. Precisamos sim ter mais representantes femininas na política e vamos trabalhar muito para que esse objetivo seja alcançado” ressaltou.

Após os pronunciamentos de todas as secretárias representantes dos Estados da região Centro-Oeste e do Tocantins, o presidente regional do Partido Verde, deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Palmas Marcelo Lelis parabenizou as mulheres do Partido Verde pela iniciativa. "Quero dizer da minha alegria, da minha emoção e satisfação de estar recebendo vocês nessa reunião histórica. Nós temos que aprender muito com vocês mulheres. As mulheres têm uma condição especial de participar da política e participar para o bem da sociedade em geral. Por isso, parabenizo todas vocês por quererem fazer essa transformação, por buscarem uma participação cada vez mais ativa no meio político” destacou.

Na ocasião, Lelis se comprometeu a aderir ao Programa Cidades Sustentáveis, entregue pelas dirigentes do PV Nacional e agradeceu o apoio do partido para com os projetos desenvolvidos no Tocantins. “Reitero o meu compromisso com a sustentabilidade nas nossas propostas de governo para os municípios tocantinenses, em especial para Palmas. Este não é apenas um projeto nosso, é também um projeto que tem o total apoio do PV Nacional” disse.

Ao final, as participantes conferiram a palestra “Mulheres verdes no poder” ministrada pela Secretária da Mulher pelo Estado de São Paulo, Edna Martins. (Ascom PV)