Palmas

Foto: Divulgação

A programação 20 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher terá nesta terça-feira, 6, participação na sessão da Câmara Municipal de Palmas. A mobilização voltada ao combate às diversas formas de violência sofridas pelo gênero terá dessa vez a sensibilização voltada a adesão dos homens à causa. Trata-se do mobilização nacional da Campanha do Laço Branco.

O vereador Bismarque Roberto fará o pronunciamento da Campanha do Laço Branco, a partir das 10 horas. Também está previsto o espaço para a manifestação da presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, Alessandra Ruita e a coordenadora da Mulher, Direitos Humanos e Equidades (Comudhe), Rosimar Mendes.

A titular da Comudhe Rosimar Mendes, explica que a Campanha do Laço Branco integra o movimento mundial 20 Dias de Ativismo, organizado em 159 países com a realização de ações buscando informar sobre direitos das mulheres e combater as várias formas de violência, com a proposta de buscar a atenção da sociedade para quebrar o silêncio e romper o ciclo da violência, principalmente o doméstico.

O encerramento da programação acontece no dia 7, com o I Fórum de Direitos Humanos e Combate a Violência contra a Mulher, na Escola de Tempo Integral Vinícius de Moraes, (na quadra 706 Sul), a partir das 9 horas.

Histórico

A Campanha de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres foi criada em 1991, por grupos feministas e movimentos de mulheres ligadas ao Centro para Liderança Global das Mulheres (Center for Womens´s Global Leadership). E atualmente ocorre em 159 países, entre o final do mês de novembro e o início de dezembro.

Internacionalmente, a Campanha tem início no dia 25 de novembro, para se adequar as datas de 25 de novembro: Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres e 10 de dezembro: Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil é comum a campanha iniciar no dia 20, em virtude do Dia Nacional da Consciência Negra. (Ascop)