Turismo & Lazer

Foto: Antônio Gonçalves

A decoração natalina do distrito de Taquaruçu, resultado do projeto piloto da Prefeitura de Palmas Natal de Luz: preservação e arte em Taquaruçu, realizado pela Fundação Cultural de Palmas (FCP) está disponível para visitação até o dia 06 de janeiro.

Foram utilizadas 15 mil garrafas pets para confeccionar seis anjos, seis velas, 260 bolas distribuídas nas árvores das praças da Criança e Joaquim Maracaípe, além das mangueiras iluminadas e adornos utilizados no portal de entrada do distrito e na casa do papai Noel.

Além do distrito está ornamentado para celebrar o natal, outro atrativo para receber os palmenses e turistas é a feira de artesanato e as barracas de alimentação que permanecem abertas na Praça Joaquim Maracaípe de quinta a domingo até dia 06 de janeiro.

A moradora de Taquaruçu e proprietária da barraca de bordados e cabaças decoradas, Maria Eunice Evangelista recomenda para quem ainda não foi conferir o resultado da decoração. “Me surpreendi com o resultado, fico contemplando, está tudo lindo, vale a pena trazer a família para ver, além de ser um ambiente seguro”, disse a artesã.

Outra atração para as crianças é a casa do Papai Noel, um espaço totalmente contextualizado ao cenário rústico e sertanejo característico à arquitetura de Taquaruçu localizado no Museu Casa Vítor, que fica na Praça da Criança e está disponível para visitação de 15 às 21 horas, até o dia 06 de janeiro, exceto nos feriados de natal e ano novo.

A realização do projeto em Taquaruçu agrega cultura, preservação do meio ambiente, inclusão social e fomento ao turismo, alinhando- se com as ações governamentais previstas pela Prefeitura de Palmas.

Para o servidor público Willian Batista de Oliveira, 29 a iniciativa da reciclagem é muito importante nos dias de hoje. “Admiro as pessoas que utilizam seu tempo para ajudar a preservar o meio ambiente, além de estar muito bonita a decoração”, disse.

“O projeto de concepção artística e execução da artista plástica Sandra Oliveira resultou em uma graciosa decoração e é resultado de um trabalho de consciência ecológica, em que todos estão voltados para o bem comum, neste caso, uma cidade muito mais bonita, preservada e enfeitada para o Natal”, ressaltou Kátia Maia Flores, presidente da Fundação Cultural de Palmas. (Assessoria de Imprensa)