Polí­cia

Foto: Divulgação

O assassino Edivan Pereira Guedes, 33 anos, se apresentou espontaneamente nesta segunda-feira, 02, na delegacia de Miracema do Tocantins. Em depoimento, Edivan confessou ter assassinado sua esposa Helyelma Ferreira, 21 anos, com dois tiros na cabeça, na última quarta-feira, 29, naquela cidade.

O crime aconteceu por volta das 7 horas da manhã na residência do casal, que fica na Rua 29, setor Vila Maria, na cidade de Miranorte/TO. Em outro quarto da residência foi encontrado um revólver calibre 32, marca Taurus, com cápsulas deflagradas e uma faca.

A Perícia Criminal daquela região esteve no local para colher as informações e segundo o perito Ezequias de Sales Freire, o local do crime não tinha vestígios de luta e a execução aconteceu quando a vítima estava deitada na cama do casal, com cinco disparos no rosto, em cima da cama.

“Segundo informações, logo após o ocorrido, o autor ligou para o pai e disse que havia tido um problema em sua casa. Ao chegar à casa do casal, o senhor acionou a polícia e ao entrar na residência se deparou com o filho do casal Kauan de 1 ano e 6 meses, em um colchão de solteiro, no quarto da cena do crime”, disse o perito.

De acordo com o delegado que está investigando o caso, titular da Delegacia de Miracema/TO, Rodrigo Santili do Valle, o marido da vítima, Edivan, foi ouvido e liberado, pois se apresentou espontaneamente e o crime cometido não dava mais flagrante. Em depoimento, Edivan confessou ter cometido o crime motivado por ciúmes.

Ainda segundo o delegado, todos os envolvidos no caso já foram ouvidos restando apenas a juntada dos Laudos do IML e da Perícia Criminal. “O inquérito deve ser concluído e enviado ao judiciário ainda nesta semana”, concluiu Rodrigo.