Cultura

Foto: Divulgação

Devotos de São Sebastião e vaqueiros de Paranã e região se reúnem na manhã desta sexta-feira, 20 de janeiro, para celebrar a Tradicional Missa dos Vaqueiros em homenagem ao santo. São esperados centenas de devotos e mais de 300 vaqueiros tipicamente trajados e em suas montarias na cavalgada que precede a Missa que acontece a partir das 10 horas na Igreja Matriz de Paranã.

Na programação dos Festejos acontecem de 11 a 20 de janeiro novenário, missa e leilões todas as noites na Igreja Matriz São João Batista. Na quinta-feira, 19, aconteceu a procissão noturna percorrendo as ruas da cidade até a casa do Capitão do Mastro onde há o levantamento do Mastro (enorme tronco de madeira que simboliza a fé e a religiosidade) e em seguida é servido um jantar a todos os devotos.

“A Festa de São Sebastião reúne toda a comunidade, principalmente o povo do sertão, que vê neste santo um poderoso intercessor”, explica o padre Márcio Alves, pároco de Paranã. “Para a missa campal estamos esperando centenas de pessoas, haverá bênção das marcas e leilões de animais logo após a celebração da Santa Missa”, finaliza Alves.

Confira a programação

Dia 19/01- 19:30 h. – 9º dia da NOVENA, MISSA e LEILÃO
Tema: São Sebastião - Modelo para todos os Cristãos
Responsável: Capitão do Mastro, Sr. Wilton Gabriel da Silva Neto, e Família

Dia 20/01 = DIA DE SÃO SEBASTIÃO
05:30 h. = Alvorada
06:00 h. = Terço dos Homens na Igreja São José
08:00 h. = Cavalgada de São Sebastião - Saída da Capela São José em direção à Matriz
10:00 h. = Missa dos Vaqueiros, Agricultores, Lavradores, Criadores, Fazendeiros e BÊNÇÃO DAS MARCAS
Tema: São Sebastião – Abençoe o Povo do Sertão!
12:00 h. = ALMOÇO COMUNITÁRIO e LEILÃO DE ANIMAIS (Gados, Porcos, Galinhas, etc)
14:00 h. = 3º FESTIVAL DE FOLIAS

História

Acontece desde tempos remotos, sempre foi dirigida por padres, a exemplo do saudoso Pe. Pedrocílio Guedes que diante de todas as dificuldades, vinha de Arraias para celebrar em Paranã à cavalo, para dar assistência e incentivar a comunidade na caminhada sob a luz do Evangelho.

O personagem principal dos festejos de São Sebastião era o Capitão do Mastro, escolhido através de sorteio ou pedido de algum devoto. No dia 20 de janeiro sai pelas ruas da cidade a imagem de São Sebastião conduzido por boa parte da comunidade religiosa, e a Esmola Geral, ao mesmo tempo folias giram no centro da cidade e na periferia em busca de donativos para a Igreja. Durante muitos anos os Festejos de São Sebastião não foram realizados, apenas o terço comunitário era rezado e algumas vezes vinham padres celebrar a Santa Missa.

Em 2000, foram restaurados os festejos com Paulo Joaquim Conceição Araújo como Capitão do Mastro, tomando grande impulso com a comunidade e a coordenação do Monsenhor Jones Ronaldo Pedreira, por solicitação dos fazendeiros e agricultores devotos, incluiu-se aos Festejos de São Sebastião a Festa dos Vaqueiros.

A festa reúne cerca de 200 a 250 vaqueiros participantes da cavalgada, que antecede a missa dos vaqueiros tipicamente vestidos. Os vaqueiros conduzem a imagem do santo da igreja São José até a Igreja Matriz num percurso de aproximadamente 2 km. Durante o trajeto, há muita música e o som dolente dos berrantes, a Igreja Matriz não comporta o número de devotos, por isso a Missa é campal. (Assessoria de Imprensa)