Campo

Foto: Joatan

A Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro), a CNA – Confederação Nacional de Agricultura e a Secretaria Estadual de Habitação buscam parcerias para implantar o PNHR - Programa Nacional de Habitação Rural no Tocantins. Nesta última quinta-feira, 26, as entidades estiveram reunidas para articular parcerias para implantar o programa no Estado. A CNA coordenará o programa em todo o Tocantins.

O PNHR, que é uma extensão do mesmo programa nacional “Minha Casa Minha Vida” do Governo Federal, contempla agricultores familiares com renda familiar bruta anual de até R$ 15 mil. Os beneficiários também precisam comprovar enquadramento no Pronaf – Programa Nacional de Agricultura Familiar. Podem ser financiados até R$ 25 mil reais, que devem ser destinados à construção da casa, à conclusão ou reforma.

O Programa, com recursos oriundos do Governo Federal, irá beneficiar agricultores familiares, pescadores artesanais, extrativistas, silvícolas, aquicultores, piscicultores, ribeirinhos, comunidades quilombolas, povos indígenas e demais comunidades tradicionais.

Para o secretário Executivo da Seagro, Ruiter Padua, o programa pode transformar as condições de vida no campo. “É de interesse do Governo do Estado em proporcionar melhor qualidade de vida para as famílias rurais. Portanto, este é o momento de buscarmos as parcerias de reforço para este programa de transformação social”, enfatizou.
Dados

Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - mostram que existem cerca de oito milhões de propriedades rurais no Brasil. As moradias rurais do Tocantins somam 81.870. No Tocantins e em todo Brasil, o programa está em fase de implantação e dever ser lançado no primeiro trimestre de 2012. (Ascom Seagro)