Estado

Foto: Divulgação

Alguns sindicatos da área da Saúde e o Sindicato dos Servidores Públicos- Sisepe vão começar uma campanha para cobrar do governo estadual o início das negociações para pagamento das progressões. Segundo o presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro, informou ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 30, a campanha contará com inserções na TV e divulgação de busdors.

“A campanha vai ser de uma semana, depois vamos avaliar se houve resultados encima disso”, explica. O Sisepe vai coordenar ainda ações de panfletagem sobre o assunto.

Os sindicatos alegam que mais de mil servidores estão prejudicados pela falta de pagamento das progressões desde abril do ano passado. Outros 600 estariam sem inserção na tabela. “O governo não chegou a acordo nenhum sobre a nova tabela”, defende Cleiton.

O último contato oficial do governo, através da Secretaria de Administração, com o sindicatos foi no dia 24 de novembro do ano passado. “Desde então o governo interrompeu as negociações sobre as progressões”, conta.

Em novembro de 2011 o governo apresentou uma proposta para pagamento das progressões atrasadas e as dos servidores que atingiram o final da tabela do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) mas o Sindicato rejeitou e apresentou contrapropostas conforme deliberação em Assembleia geral.