Polí­tica

Foto: Divulgação

Nesta semana as articulações para a decisão do novo coordenador da bancada federal do Estado se intensificaram. O senador João Ribeiro (PR) entregará na próxima semana o cargo.

Uma decisão já acordada entre os parlamentares é que a coordenação fique dentre um dos deputados federais e não com os senadores. Da Câmara, o deputado pepista Lázaro Botelho já colocou seu nome à disposição do grupo e conforme adiantou ao Conexão Tocantins já conta com a preferência do senador João Ribeiro para a disputa. Botelho garantiu ao Conexão Tocantins que pretende ser o novo coordenador se esse for o entendimento e consenso dentre os colegas parlamentares.

Muitos parlamentares, como os deputados Angelo Agnolin (PDT) e Júnior Coimbra (PMDB), por exemplo, preferem se manifestar sobre o assunto apenas na próxima semana quando ocorrerá a reunião decisiva para a escolha.

Já o deputado do PSB, Laurez Moreira negou ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 31, que tenha colocado seu nome à disposição. “Ainda não reunimos a bancada para tratar do assunto, vou esperar para ver qual será a decisão do grupo”, afirmou.

Avaliando o nome de Botelho, Laurez frisou que o colega tem um bom relacionamento com o governo federal e com certeza não tem restrições entre a bancada.

O deputado tucano Eduardo Gomes já afirmou que não vai disputar o cargo por causa das atribuições de primeiro-secretário da mesa diretora da Câmara. Do Senado, Vicentinho Alves (PR), aliado mais próximo do governador, informou ao Conexão Tocantins que vai apoiar o candidato que o governador Siqueira Campos(PSDB) escolher. A decisão de Siqueira ainda não teria sido tomada.

Dorinha Seabra, César Halum e Irajá Abreu não se manifestaram ainda sobre interesse de disputar a coordenação.