Estado

Três itens da lista do material escolar foram reprovados pelo Instituto de Pesos e Medidas do Tocantins (Ipem-TO), durante a Operação Especial Volta às Aulas. Técnicos do laboratório do órgão constataram que a fita decorativa, a cola e o clipe estavam em quantidade inferior da informada na embalagem.

Dos sete lotes analisados da fita decorativa (fita adesiva colorida), quatro foram reprovados. Os produtos apresentaram uma diferença de um metro a menos do informado. A cola foi o segundo item com maior índice de reprovação pelo Ipem, dois dos oito lotes analisados foram reprovados por apresentar peso menor do que constava na embalagem. Também com peso errado estavam os clipes, ao todo cinco lotes foram verificados, e dois reprovados.

Foram analisados marcas e modelos diferentes de cadernos, massas de modelar, giz de cera, corretivo, lápis de cor, agendas escolares, tabuadas e papel chamex. Todos os produtos tiveram 100% de aprovação pelo Instituto.

Os fabricantes das marcas que foram detectados erros serão notificados, e estarão sujeitos a penalizações com aplicação de multa que varia de R$ 100,00 a R$ 1.500.000,00, podendo ser agravada em caso de reincidência.

Operação

A Operação Especial Volta ás Aulas foi realizada nas cidades de Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Palmas no início do mês de janeiro, onde materiais escolares foram recolhidos, levados para o laboratório do Ipem, onde foram analisados durante três dias. (Ascom Ipem)