Estado

Foto: Paulino Menezes

Acompanhado de secretários de estado e do senador Vicentinho Alves (PR), o governador Siqueira Campos (PSDB) participou de duas audiências, em Brasília, na manhã desta terça-feira, 14, nos ministérios da Agricultura e do Turismo. Na pauta, a busca por investimentos na ordem de R$ 100 milhões. “As reuniões foram ótimas para mostrarmos que estamos conscientes de nosso papel e de nossas responsabilidades na construção de um país melhor”, disse o governador. Uma terceira reunião ocorrerá às 18h,no Ministério do Meio Ambiente.
Diante do cenário, Siqueira Campos ressaltou a importância da busca por recursos e projetos que beneficiam a comunidade tocantinense. “Hoje, com a casa em ordem, buscamos os investimentos, os recursos necessários para que obras possam ser desenvolvidas com o intuito de preparar o Tocantins para o futuro e oportunizar aos tocantinenses o acesso a obras de qualidade para esta e para as novas gerações”, complementou.

Agricultura

No Ministério da Agricultura, o governador levou ao ministro Mendes Ribeiro uma série de solicitações para o setor e buscou os investimentos necessários para dar um novo passo na agricultura e na pecuária tocantinenses.

A pauta contemplou quatro temas principais. Um deles foi o projeto de integração Lavoura, Pecuária e Floresta. Com investimentos na ordem de R$ 4.434.000, 00, o projeto pretende recuperar áreas de pastagens com plantio de florestas e lavouras. Também foi abordada a expansão de estações meteorológicas no Tocantins. De acordo com a Seagro, hoje, entre todos os órgãos estaduais, federais e a iniciativa privada, existem 52 destas estações. No projeto apresentado pelo governador a proposta é a implantação de unidades ainda mais modernas que auxiliem o Governo do Tocantins em mapeamentos climáticos que ofereçam aos projetos São João, Manoel Alves, Sampaio e Gurita o quadro detalhado para orientar os produtores nas épocas de plantio e colheita.

O governador também abordou a questão da elaboração do zoneamento agrícola da cultura do algodão. Hoje, o Tocantins conta com aproximadamente 10 mil hectares de áreas destinadas ao cultivo do algodão. Atualmente, esta produção é escoada em sua maioria para o estado da Bahia. O zoneamento orienta o produtor a maneira eficiente para a produção. A liberação para se plantar no Tocantins o algodão transgênico também foi tema da audiência.

O governador foi acompanhado neste encontro pelo secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, e pelo secretário executivo da pasta, Ruiter Pádua.

Turismo

Já no ministério do Turismo, o governador, sua equipe e o senador Vicentinho Alves participaram da reunião com o secretário executivo do Ministério, Valdir Moysés Simões, e com o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota. O ministro, por conta de compromissos particulares inadiáveis, justificou a ausência e orientou sua equipe técnica a receber todas as demandas levadas pelo governador a fim de analisá-las e atendê-las tão logo.

Dessa forma, o governador apresentou à equipe do ministério demandas de infratestrutura turística que o Tocantins necessita – são obras estruturantes que visam o desenvolvimento da região do Jalapão, através da construção da rodovia que liga as cidades de Novo Acordo a Mateiros, além da inclusão de mais cidades do Estado no roteiro turístico do Governo Federal para a Copa de 2016.

Um dos temas principais da pauta de reuniões no Ministério do Turismo foi a emenda parlamentar para o início do segundo trecho das obras na Estrada Cênica TO-030. O trecho solicitado corresponde do km 66 da TO-030até a cidade de São Félix, totalizando 66 km de estrada, com valor de R$ 44milhões. O valor corresponde a emenda do senador Vicentinho Alves, aprovada pela Comissão Mista do Orçamento para inclusão no Orçamento Geral da União de2012.

Também constou na pauta a construção do Centro de Convenções de Araguaína; construção do Centro de Convenções de Palmas; infraestrutura para Mateiros (drenagem e pavimentação); aeroporto de Mateiros; infraestrutura da Via dos Romeiros do Bonfim, em Natividade; recursos para a temporada de praias2012; capacitação profissional para o turismo; projeto de pesca esportiva; projeto Orla de Palmas; sinalização turística vertical e horizontal para o Estado; e a proposta de estender a região do Jalapão como roteiro até a cidade de Porto Nacional.

A comitiva foi composta pelos secretários de Estado Jaime Café (Agricultura), secretário executivo , Ruiter Pádua (Agricultura); Flávio Peixoto (Relações Institucionais); Alexandre Ubaldo (Infraestrutura); e Lúcio Flavo (presidente da Adtur – Agência de Desenvolvimento Turístico). (Secom)