Campo

Foto: Divulgação

Uma gestão participativa, em prol do fortalecimento das cadeias produtivas do Estado, essa foi a tônica do discurso da nova presidente do Ruraltins, Miyuki Hiashida, na manhã desta segunda-feira, 12, ao ser apresentada aos servidores da empresa, na sede do escritório central, em Palmas.

Na ocasião a presidente, a primeira mulher a presidir o Ruraltins, desde a sua criação, destacou o trabalho realizado pelo seu antecessor, Olimpio Mascarenhas, que deixou a pasta para assumir a superintendência de Energias Limpas da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário.

“A casa tá organizada, nós tivemos aqui um gestor que moralizou e colocou muitas coisas nos trilhos, não terei dificuldades,” disse. Sobre os planos a frente da empresa destacou que vai potencializar as ações em andamento e que estão dando certo, citando como exemplo as cadeias produtivas do leite e do peixe. “Resultados a gente faz em cima do que dá pra fazer, conto com a colaboração de todos para cumprir essa nova missão” disse a presidente, reforçando ainda a importância do trabalho em conjunto.

Neste ano, o Ruraltins completa 24 anos, tem um quadro de 228 técnicos, para atender mais de 40 mil famílias de agricultores familiares. Possui escritórios em 92 municípios e sete núcleos regionais.

Perfil

Natural de São Paulo, capital, Miyuki Hiashida, está no Tocantins desde 1987. No Estado, sempre esteve a frente de grandes projetos voltados para o setor de pesca e aqüicultura. Em 2005 foi eleita prefeita de Brejinho de Nazaré e, posteriormente, foi reeleita para o mandato seguinte. No inicio de 2011 deixou a prefeitura para assumir a recém criada Sub-secretaria da Pesca e Aquicultura, no governo Siqueira Campos. Atualmente é presidente da Comissão Nacional de Aquicultura e Pesca da CNA – Confederação Nacional da Agricultura e faz parte do Conselho Nacional de Aquicultura e pesca do Ministério da Pesca e Aquicultura. Miyuki Hiashida é casada e tem dois filhos.