Campo

Foto: Divulgação

O aquecimento do mercado com o aumento de preços nas commodities foi um dos fatores que incentivou e contribuiu para o crescimento de 6,9% na produção de grãos no Estado. Os dados são do 6° Levantamento da Safra 2011/2012, divulgado na última semana pela Conab – Companhia Nacional de Abastecimento.

De acordo com informações do engenheiro agrônomo da Seagro - Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, José Waltex, neste 6° Levantamento, referente a fevereiro de 2012, o crescimento da área plantada de grãos no Tocantins foi de 4,4%, se comparado com o levantamento anterior, dos meses de dezembro e janeiro últimos. A área plantada passou dos 719 mil hectares para 726 mil ha. Quanto à produção, a safra anterior foram colhidas 2.178,67 milhões de toneladas de grãos e na atual devem ser colhidas 2.329,94 milhões de toneladas, ou seja, um aumento 6,9%.

Segundo Waltex, a cultura que mais deve crescer nesta safra é o algodão, com 60% a mais que na safra anterior, 2010/2011, quando a área plantada foi de 5,33 mil hectares e a produção girou em torno das 17 mil toneladas. Nesta safra 2011/2012, a área plantada foi de 8,53 mil ha e a produção estimada é de 28 mil toneladas de algodão.

Já a soja, em relação à safra anterior, deve apresentar um crescimento na área plantada de 8,9%, passando de 405,87 mil hectares em 2010 para 442,2 mil hectares em 2011. Quanto à produção, os dados apontam um aumento de 9,6%. Na safra passada, foram colhidas 1.230,64 milhão de toneladas e nesta safra, até o momento, já foram colhidas 1.348,82 milhão de toneladas do grão.

Outra cultura que deve registrar crescimento expressivo, segundo o levantamento da Conab, é o amendoim, cuja área plantada passou de 1.700 hectares da safra 2010/2011 para 1.830 hectares nesta safra. O que significa um aumento de 7,6%. (Seagro)