Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma tragédia na madrugada desta sexta-feira, 23, chocou a população da cidade de Araguatins, no norte do Estado. Um homem matou quatro pessoas à facadas enquanto dormiam. O que mais chamou a atenção no caso é que Gilmar Pereira dos Reis, de 20 anos assassinou a sangue frio seus pais e avós nesta madrugada.

De acordo com informações da PM, por volta da 3h10 da madrugada, uma guarnição foi chamada para averiguar denúncia de agressões a facas, na Rua Vicente Bernardino, em Araguatins. Quando chegaram no local, os policiais encontraram Gilmar, ainda com a arma dos crimes nas mãos, depois de ferir mortalmente quatro familiares no interior da casa.

Ao se deparar com a guarnição da PM, o rapaz partiu para cima dos policiais, na tentativa de agredi-los com a faca que havia acabado de usar no assassinato de seus pais e avós. A PM então imobilizou-o com uma arma de choque não letal e tirou a faca das mãos de Gilmar que foi conduzido para a delegacia de Araguatins.

Segundo informações da Polícia Militar, Nelson Pereira dos Reis, de 81 anos, avô de Gilmar, foi morto com seis facadas no peito. Já Maria de Jesus Conceição Silva, de 73 anos, avó do assassino, recebeu um golpe no pescoço e outro na altura do peito. O pai de Gilmar, José Roberto dos Reis, de 70 anos e a mãe, Maria Aldenir Pereira dos Reis, de 57, foram assassinados com facadas no pescoço e peito.

A PM ainda informou que uma quinta vítima recebeu golpes nos braços, nas mãos e no tórax, foi encaminhada ao hospital do município em estado grave, mas, depois de operada, não corre mais risco de morrer.

A Polícia informou que, segundo a família, o rapaz, que faz uso de medicamento controlado, iria fazer tratamento psiquiátrico em Araguaína. Inconformado com a atitude da família que iria levá-lo no dia seguinte, Gilmar cometeu os quatro homicídios contra seus pais e avós.