Campo

Foto: Juliano RIbeiro

Representantes dos diversos setores da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, do Ruraltins e da Adapec se reuniram na manhã desta terça-feira, 27, no Centro Agrotecnológico de Palmas, para tratar da 12ª Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins. Na ocasião, foram apresentadas as ações que cada setor desenvolverá durante a Feira, que acontecerá entre os dias 8 e 12 de maio.

No início da reunião o secretário da Agricultura, Jaime Café, ressaltou que a realização da Agrotins depende diretamente do empenho de cada servidor dos três órgãos do governo, que estão à frente da organização (Seagro, Ruraltins e Adapec). “Esse é um espaço para que possamos discutir, ouvir as sugestões e compartilhar aquilo que possa somar com o evento, e tenho certeza que este ano será uma das melhores edições”, frisou.

Em sua fala, o secretário lembrou que o tema da Agrotins 2012 será Irrigação, assunto que será destaque durante a feira. “O Tocantins tem recebido investimentos de todo o Brasil para Irrigação e queremos atrair a atenção dos participantes para a importância desse setor”, destacou Jaime Café. Segundo ele, o grande desafio é superar os bons resultados da Agrotins 2011, por isso todos, que de alguma forma se envolvem com o evento, terão a oportunidade de conhecer a estrutura, antes da realização da Feira.

Segundo destacou o superintendente de Energias Limpas, Olímpio Mascarenhas, será trabalhado a transversalidade dos órgãos do Governo para a realização da Agrotins 2012. Seguindo essa direção, o superintendente adiantou que o setor de Energias Limpas também desenvolverá ações voltadas para Irrigação, durante a Feira. “A Superintendência também apresentará ações voltadas para silvicultura, produção de cana-de-açúcar para de etanol, biocombustíveis, energia solar, energia eólica e reaproveitamento de água da chuva”, complementou.

O secretário executivo da Agricultura, Ruiter Padua destacou a importância da Agrotins para o agronegócio tocantinense e para a economia local, tendo em vista o número de visitantes que a região recebe nos dias da feira. Segundo Padua, em 2011, mais de 69 mil pessoas passaram pela Agrotins, com participação confirmada de todos os 139 municípios do Estado. “A responsabilidade do evento é muito grande, por isso temos que fazer o melhor possível”, ressaltou.

Também participaram da reunião o presidente da Adapec, Geraldino Paz e a presidente da Ruraltins, Miyuki Hyashida. Os representantes dos setores também expuseram as ações, dentre eles Fernando Garcia (coordenador de desenvolvimento tecnológico), Cláudio Sayão (coordenador de desenvolvimento animal), José Américo (coordenador de desenvolvimento vegetal), Mariella Gontijo (diretora de Cooperativismo e Associativismo), Fernanda Menta (Assessora de Comunicação), Reinaldo Soares (diretor de Segurança Alimentar), Anibal Pereira Roque (coordenador de Meio Ambiente), Alexandre Godinho (diretor de Aquicultura) e José Carlos Farecena (Assessor da Diretoria Geral de Irrigação). (Ascom Seagro)