Polí­tica

Foto: Arquivo Conexão Tocantins Leonardo Cintra chegou a ser afastado do cargo a pedido da Defensoria Pública Leonardo Cintra chegou a ser afastado do cargo a pedido da Defensoria Pública

Estratégico ou não os pré-candidatos às eleições municipais de outubro no município de Almas, a 276 km de Palmas, optaram por não confirmarem ainda a intenção de disputar. O principal deles, atual prefeito da cidade Leonardo Cintra do PSDB afirmou ao Conexão Tocantins nesta sexta-feira, 30, que por enquanto não decidiu ainda se tentará reeleição.

“Estamos fazendo pesquisas e estudos para avaliar mas por enquanto ainda não temos essa decisão”, frisou. O atual gestor tem uma base ampla de partidos formada pelo PV, PSB, PT, PR dentre outros. Aliados de Cintra, que é o prefeito mais novo do Brasil, dão como certa a pretensão dele de disputar reeleição. Em fevereiro Cintra chegou a ser afastado do cargo as retornou dois dias depois.

Na oposição ao atual gestor estão os dois nomes lançados pelo PMDB na cidade, os ex-prefeitos Manoel Midas e Hugo Araújo. Dos dois o nome mais cotado é o de Araújo que governou a cidade por dois mandatos inclusive tendo Midas como vice em uma de suas gestões.

“Não decidi ainda. Provavelmente só no mês da convenção”, ponderou o peemedebista. No entanto, Midas admitiu a possibilidade de apoiar Araújo. “Ele é um bom nome se ele sair mesmo vou apoiá-lo”, disse.

PR

O Controlador Geral do Estado, Eldon Manoel Barbosa Carvalho (PR) é outro nome cotado para a disputa. O republicano disse ao Conexão Tocantins que tem recebido convite de vários partidos. “Fui procurado por vários partidos que querem que eu coloque meu nome na disputa”, completou.

Para Barbosa é preciso antes de tudo a manifestação das forças políticas na cidade. “Uma candidatura não pode existir só por vaidade tem que existir aceitação da população”, salientou. É importante que haja um comprometimento dos pré-candidatos com isso”, disse.