Polí­tica

Foto: Divulgação

Com a aproximação do período eleitoral, os líderes dos partidos no Tocantins começam a se movimentar em busca de candidaturas e alianças em todos os municípios do Estado. É o caso, por exemplo, do presidente regional do DEM, deputado Osires Damaso, que está em excursão pela região do Bico do Papagaio para poder traçar o cenário regional da legenda no extremo Norte do Tocantins.

De acordo com o deputado, a meta é percorrer 26 municípios até a próxima segunda-feira, para conversar com líderes e propensos candidatos a prefeito na região. “Vamos levar nosso apoio para definir nomes que poderão concorrer a prefeito, vice-prefeito e vereador”, salientou.

Damos informou, no entanto, que ainda não pode traçar um número exato de pré-candidatos do DEM na região, mas salientou que a intenção é fortalecer o partido no Estado, principalmente depois da debandada causada pela criação do PSD. “Quem tiver condições de ser candidato, nós vamos apoiar. E vamos fortalecer nossas alianças e coligações no Bico”, frisou.

Até o momento, entre as maiores cidades do Tocantins, o Democratas demonstrou maior consistência para indicar um nome para concorrer em Araguaina. Conforme explicou o presidente estadual da sigla, o DEM ainda insiste em convencer o prefeito Valuar Barros a tentar reeleição. Contudo, como o gestor não tem respondido positivamente às investidas do partido, Damaso frisou que o plano B na segunda maior cidade do Tocantins é o ex-suplente de deputado federal, Junior Marzola.

Já na cidade de Pariso, o próprio deputado estadual, apesar de não apresentar grandes movimentações, ainda não descartou a possibilidade de tentar a sucessão de Paulo Tavares (PR).