Polí­cia

Foto: Divulgação

Policiais civis e militares em ação conjunta com as policias do Maranhão empreenderam perseguição aos criminosos e prenderam, minutos depois da ação dos bandidos, na madrugada desta terça-feira, 10, quatro dos seis integrantes da quadrilha, que explodiram e roubaram a agência bancária do Bradesco, na cidade de Itaguatins. O grupo, fortemente armado, explodiu o banco e levou pouco mais de 100 mil reais da agência. Nos escombros do prédio do banco foram recuperados cerca de R$ 10.000,00.

De acordo com a polícia, os criminosos fugiram do local em dois veículos sendo uma caminhoneta, S-10, cor prata e um gol, cor cinza. Logo após a prática do crime, as Polícias Civil e Militar do Tocantins saíram em perseguição aos criminosos que passaram para o Estado do Maranhão. Com o apoio dos policiais daquele Estado, os bandidos foram interceptados na região do povoado Bananal, na cidade de Imperatriz (MA), onde houve trocas de tiros.

No tiroteio, quatro criminosos foram presos: Francisco Aelson dos Santos Sousa, 27 anos; José Moreira de Sá Filho, de 34; José Lopes dos Santos Filhos, 42 anos e Douglas Gadelha da Silva de 32 anos. Com eles, foram apreendidos carregadores de pistola, ponto 40, munições, máscaras, roupas camufladas, e os dois carros utilizados na fuga.

Dois presos conseguiram fugir do cerco policial e ainda não foram identificados. A polícia continua em diligência no sentido de localizar os foragidos.

Os quatro detidos na perseguição estão sendo autuados em flagrante delito na DP de São Miguel do Tocantins, com a presença do delegado regional, Carlos Alberto de Castro.