Polí­tica

O deputado federal Lázaro Botelho (PP-TO) participou na manhã dessa terça-feira, 24 de abril, no, da cerimônia de lançamento do PAC 2 Mobilidade Urbana, que visa ampliar metrô e ônibus nas grandes cidades brasileiras.

A presidente Dilma Rousseff anunciou um investimento de R$ 32 bilhões em 51 municípios de 18 estados incluídos no programa PAC Mobilidade Urbana Grande Cidades.

Com o programa, segundo informou o Ministério das Cidades, o Governo Federal pretende investir R$ 22 bilhões para a construção de linhas de metrô, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e corredores de ônibus em cidades com mais de 700 mil habitantes e os estados beneficiados entrarão com contrapartida de R$ 10 milhões.

Os municípios contemplados terão, a partir da data da publicação no Diário Oficial da União, 18 meses para apresentar os projetos finalizados e, a partir daí, dar início às obras. Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro já tiveram investimentos nessa área anunciados anteriormente.

Na solenidade, Dilma afirmou que o PAC Mobilidade Urbana é um programa em que governo federal, estados e municípios souberam “trabalhar juntos”.

Para o deputado Lázaro Botelho, que é membro da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados (CVT), “essa iniciativa vai permitir corrigir os grandes problemas do transporte público nas cidades brasileiras, bem como a redução do tempo nos trajetos e redução de gastos pelos usuários e, de contrapartida, gerar emprego e movimentar a economia do país, principalmente das cidades beneficiadas com as grandes obras”, afirmou Lázaro dando ênfase à grande contribuição que essas obras darão para servir aos usuários que irão prestigiar os eventos esportivos (Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas) que serão realizadas no País nos próximos anos.

O foco do PAC Mobilidades Urbana é o transporte de média e de alta capacidade. Está prevista construção de 600 quilômetros de corredores de ônibus, 380 estações e terminais, 200 quilômetros de linhas de metrô e compra de mais de mil veículos sobre trilhos. Os empreendimentos vão beneficiar, segundo o Ministério das Cidades, 53 milhões de pessoas.

Lázaro fez questão de destacar a importância do trabalho que o Ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, que também é do Partido Progressista (PP-PB), vem desenvolvendo a frente do Ministério. “O Ministro e sua equipe tem demonstrado grande capacidade de articulação e competência na condução dos programas sob a sua responsabilidade, na semana passada estivemos juntos anunciando o Minha Casa Minha Vida 2 e agora o PAC Mobilidade”, lembrou Lázaro .

Ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro disse que o novo transporte público das grandes cidades poderá “devolver quase um mês por ano de vida para que nossas irmãs e irmãos brasileiros possam usar esse tempo de uma forma muito mais produtiva e humana”. (Assessoria de Imprensa)