Estado

Foto: Marcelo de Deus Presidente da Saneatins, Mario Amaro (centro), juntamente com o prefeito de Paraíso, Paulo Tavares (e) , juntamente com equipe da Saneatins e técnicos da prefeitura Presidente da Saneatins, Mario Amaro (centro), juntamente com o prefeito de Paraíso, Paulo Tavares (e) , juntamente com equipe da Saneatins e técnicos da prefeitura

Para garantir a ampliação dos serviços de Saneamento no município de Paraíso do Tocantins, localizado a 60 quilômetros de Palmas, a Saneatins – Companhia de Saneamento do Tocantins, juntamente com a Prefeitura Municipal de Paraíso, firmaram um convênio que permitirá a Saneatins ampliar a rede de água e esgoto naquele município, num total de R$ 50 milhões em investimentos. Os recursos serão captados pela companhia junto à Caixa Econômica Federal.

As obras começam ainda no inicio do segundo semestre com a requalificação do Sistema Adutor de Água Bruta, substituindo cerca de quatro quilômetros de rede e aumentando a capacidade de distribuição de água. Também será ampliada a rede de coleta e tratamento de esgoto de 10% para 80%, atingindo as metas de universalização do serviço até 2017. Segundo o Diretor Operacional da Saneatins, José Vicente Marino, os estudos para a elaboração do Projeto Executivo da rede de esgoto foram iniciados e a região central do município será a primeira a ser beneficiada com o projeto. "Nos próximos cinco anos, serão investidos aproximadamente R$ 30 milhões na rede de coleta e tratamento de esgoto, atendendo a comunidade de Paraíso", afirma.

Plano Municipal de Água e Esgoto

Além dos investimentos financeiros, a parceria com a Prefeitura Municipal de Paraíso visa a elaboração do Plano Municipal de Água e Esgoto de Paraíso, adequando o município na legislação federal número 11.445 que determina que, até o dia 31 de dezembro de 2013, todos os municípios brasileiros precisam apresentar os planos de saneamento (água, esgoto, resíduos sólidos e drenagem pluvial).

Caberá à Saneatins fornecer subsídios para a prefeitura municipal elaborar os estudos do PMAE – Plano Municipal de Água e Esgoto, que após finalizado, passará por uma audiência pública apresentada à ATR – Agência Tocantinense de Regulação. Para o prefeito de Paraíso, Paulo Tavares, os investimentos refletem a preocupação da Saneatins e da Prefeitura em promover mais qualidade de vida para os moradores de Paraíso. “Além de trazer mais saúde para a nossa cidade, esse projeto é um passo importante para a consolidação do nosso Plano Municipal de Água e Esgoto”, ressaltou.

De acordo com o presidente da Saneatins, Mario Amaro, além de Paraíso e Araguaína, cidades que já contam com investimentos e estudos técnicos inicializados, todos os municípios atendidos pela Companhia no Estado receberão os estudos técnicos e investimentos em Saneamento. “Vamos transformar o Tocantins no primeiro Estado a universalizar os serviços de água e esgoto do País até o ano de 2017”, frisou.

Saneamento

De acordo com relatório emitido pela Organização das Nações Unidas – ONU, cerca de quatro mil crianças ainda morrem diariamente de doenças diarreicas associadas à falta de qualidade da água. No Brasil, somente 44% da população tem acesso à rede de esgoto. Entretanto, dados da Fundação Getúlio Vargas – FGV apontam que, nos municípios em que há universalização de saneamento (água e esgoto), existe uma redução de 25% no número de internações e de 65% na mortalidade decorrentes de infecções gastrintestinais. Ainda segundo a FGV, naqueles municípios universalizados, existe uma diferença de 30% no aproveitamento escolar entre crianças que têm e não têm acesso a saneamento básico.

Saneatins

A Saneatins (Companhia de Saneamento do Tocantins), em parceria com o Governo do Estado do Tocantins e Prefeituras, trabalha para prover soluções ambientais que gerem melhoria na qualidade de vida, aliando capacidade de gestão, investimento e tecnologia.

Com mais de 1.500 integrantes, a empresa opera e investe em projetos de saneamento em 47 municípios do Tocantins (que somam 75% da população) e é parceira da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) em 78 municípios, que juntos compõem o Estado. Ao Norte, a Saneatins atua também na região de divisa, sendo responsável por cinco contratos de concessão municipais em território paraense.

A empresa foi fundada em 1989, após a criação do Estado do Tocantins e o consequente desmembramento da Companhia de Saneamento de Goiás – Saneago. Com o objetivo de desenvolver os serviços de saneamento no novo Estado, em 1998 o Governo do Tocantins buscou uma parceria societária estratégica com a iniciativa privada, tornando a Saneatins uma empresa com gestão privada. A iniciativa conferiu mais dinamismo e capacidade de investimentos à empresa. Desde janeiro de 2012, tendo como controladora a Foz do Brasil (empresa de engenharia ambiental da Organização Odebrecht) e participação do FI FGTS (Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço) no bloco privado, a Saneatins tem como desafio ser o primeiro estado do país a ter os serviços de água e esgoto universalizados, levando desenvolvimento sustentável e mais qualidade de vida para a população atendida por sua operação.