Polí­cia

A Delegacia Estadual - de Repressão a Narcóticos – Denarc e o Grupo de Operações Táticas Especiais – Gote deflagraram na sexta-feira, 4, a “operação vida”. Durante a ação foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, três pessoas foram presas em flagrante. Fernando Cardoso dos Reis e Akermâ de Carvalho Sousa foram presos pelo crime de tráfico de drogas. Marco Aurélio Porto de Brito foi autuado por receptação de moto roubada.

A ação da Polícia Civil começou no início da manhã e só terminou por volta de uma hora da tarde. Nas casas dos dois traficantes presos, os policiais encontraram grande quantidade de maconha, crack, balança de precisão e dinheiro. Já em outra residência, a polícia recuperou duas motos de grande porte.

“Por solicitação do nosso secretário, João Fonseca Coelho e do delegado chefe da Polícia Civil, Eliu de Andrada, a Polícia Civil vem intensificando o trabalho no combate as drogas aqui no Estado e durante todo o ano iremos realizar operações como essa, no sentido de combater esse mal que está destruindo muita família”, disse Ricardo Bezerra, coordenador de polícia especializada da capital.

Para o delegado da Denarc, Rossílio Correia, as ações da Polícia Civil neste ano têm gerado excelentes resultados, já que mais de 30 pontos de venda de drogas foram fechados e pelo menos 20 traficantes foram presos. “Nós estamos trabalhando dia e noite para coibir o tráfico de entorpecentes na capital, e acreditamos que estamos no caminho certo, pois estamos dando uma reposta para sociedade prendendo traficantes toda semana e é claro fechando pequenas, médias e grandes bocas de fumo da capital”, frisou Rossílio.

A equipe de policiais da Denarc continua investigando diuturnamente os traficantes da capital e nas próximas semanas outras operações devem acontecer em Palmas. (Ascom SSP)