Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins na tarde desta sexta-feira, 11, a presidente estadual do PTN, Cinthia Ribeiro comentou sobre a performance da legenda para o pleito de outubro nos municípios do interior e na capital. Em Palmas a presidente negou que haja um planejamento para formação de chapão com PR e PRTB.

“O partido tem autonomia de fazer o que for melhor para o município e não tem como eu querer impor candidaturas e coligações”, frisou a presidente. Em Palmas, ela relembrou o pleito de 2008 quando o PTN elegeu dois vereadores mas teve dois suplentes que foram mais votados do que parlamentares eleitos de outras siglas. “Naquele momento a decisão e estratégia foi equivocada. Só faremos coligações se for interessante para o partido. Não existe chapão”, salientou.

Cinthia frisou que o PTN tem condições de ter uma das maiores bancadas na Câmara. O partido conta como garantida a reeleição de José do Lago Folha e de Divina Márcia e a eleição de Tibúrcio Tolentino e Galego.

A presidente falou ainda sobre a pré-candidatura de Luana Ribeiro à prefeitura de Palmas no grupo do prefeito Raul Filho (PT) e frisou que a pré-campanha da republicana está surpreendendo a todos. “ Hoje a Luana lidera no segundo lugar depois do Marcelo Lelis, e está em primeiro dentro do grupo da oposição. Se o critério for as pesquisas ela será com certeza a candidata”, afirmou.

O apoio das legendas aliadas no entanto é primordial, segundo Cinthia. “Política é uma das coisas que não se faz sozinho e a Luana reúne as melhores condições dentro do grupo hoje”, disse.

Comissões

Sobre o boato de que 52 comissões não teriam sido renovadas a presidente explicou que ao todo 63 passaram por renovação e negou que tenha passado o prazo. “ A renovação pode ser feita até um dia antes das convenções. Todas as comissões que estavam ativas foram renovadas”, frisou ressaltando que o partido criou mais 12 comissões no interior.

A presidente conta que apenas três comissões das que já estavam ativas não foram renovadas mas segundo ela por falta de interesse do presidente local.

Segundo dados do partido ao Conexão Tocantins, quando Cinthia assumiu o PTN a legenda tinha 81 comissões provisórias instaladas ( algumas não estavam ativas). O partido afirma que a meta é fechar o mês com 90 comissões ativas.