Polí­cia

Nesta segunda-feira, dia 21 de maio, acontece a Sessão Plenária para julgamento do acusado de ter praticado homicídio qualificado contra do advogado José Fortaleza Lopes, ex-secretário geral da OAB/TO. O crime ocorreu em 22 de março de 1999. O julgamento iniciará às 9h, no Fórum de Alvorada.

A Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins convocou todos os conselheiros para acompanharem o julgamento. Membros da diretoria também estarão presentes, entre eles, o vice-presidente, Epitácio Brandão, e o presidente, Ercílio Bezerra.

José Fortaleza Lopes tinha 57 anos quando foi assassinado, na cidade de Figueirópolis, sul do Estado. O agricultor Airton Gross é acusado de executar fria e covardemente o advogado, com quatro tiros pelas costas. Fortaleza foi atingido após tentar convencer Gross a fazer um acordo de separação amigável com sua mulher, Noeli Gross. Noeli e a advogada Leila Strelling presenciaram o crime.