Polí­tica

Foto: Isis Oliveira / Dicom AL

A necessidade de uma audiência pública para debater a segurança no Estado foi um dos pontos abordados pelo deputado Sargento Aragão (PPS), durante seu pronunciamento na sessão desta terça-feira, dia 5. O parlamentar destacou que o assunto precisa ser debatido com urgência entre os gestores do setor e representantes da sociedade para que o problema possa ser minimizado no Tocantins.

Da tribuna, o parlamentar também comentou sobre a execução de três policiais militares em Gurupi, na noite do último dia 29, que resultou em quatro homicídios, durante uma operação da polícia que tentou prender traficantes e usuários de drogas. “A fragilidade do sistema de Segurança Pública no Estado e o crescimento do número de homicídios é consequência da falta de ações efetivas do governo”, destacou.

Para Sargento Aragão, a deficiência do setor e a omissão do Ministério Público Estadual têm colaborado para o crescimento do crime no Tocantins. “É preciso que este Governo tome uma atitude para minimizar essa onda de violência no nosso Estado. Não dá para aceitar o que está acontecendo na cidade de Gurupi, onde militares sofrem ataques de bandidos porque o governo não combate o crime. É lamentável que a população continue insegura porque não pode contar com a própria polícia”, protestou.

Sobre a data da audiência pública para debater o assunto, o parlamentar adiantou que vai tomar as providências para que essa discussão seja realizada ainda neste mês. (Dicom AL)