Polí­tica

Foto: Divulgação Clique nas imagens para ampliar Clique nas imagens para ampliar
  • Pesquisa espontânea

O Ibope Inteligência divulgou a segunda rodada de entrevistas com as intenções de voto para a disputa eleitoral em Palmas, capital do Tocantins. Conforme os dados, o deputado estadual Marcelo Lelis (PV) continua sendo o pré-candidato favorito nas eleições à Prefeitura de Palmas liderando todos os cenários testados na pesquisa do Ibope Inteligência assim como ocorreu na primeira pesquisa do Instituto realizada entre os dias 16 e 18 de dezembro de 2011 e publicada em janeiro deste ano.

Entretanto, nesta segunda pesquisa, na coleta de dados estimulada onde foi apresentada uma lista de nomes para os entrevistados, o pevista Marcelo Lelis caiu 10% em relação à pesquisa anterior. Se na pesquisa publicada em janeiro o pevista aparecia com a preferência de 55% dos entrevistados, na atual pesquisa Lelis aparece com 45% das intenções de voto seguido por Luana Ribeiro (PR) com 14%, Eli Borges (PMDB) com 7%, Edna Agnolin (PDT) 6% e Alan Barbiero (PSB) 2% de preferência. Carlos Amastha, Ivory de Lira e Walter Balestra tiveram 1%. Brancos e nulos somaram 9% enquanto 13% não souberam ou não responderam. Wanderlei Barbosa (PSB) não foi listado na estimulada.

Na pesquisa anterior apareceram em um patamar inferior Eli Borges com 6%, Edna Agnolin 5%. Comparando as duas pesquisas, Lelis teve em pouco mais de cinco meses uma queda de 10% na modalidade estimulada.

Espontânea

Na espontânea Lelis também retrocedeu, caindo 2 pontos em comparação com a segunda rodada da pesquisa. Nesta modalidade o pevista teve 26% das citações na atual pesquisa enquanto na primeira rodada ele foi citado por 28% dos entrevistados. Nesta modalidade, na qual os entrevistados dizem em quem pretendem votar sem ter à disposição uma lista de nomes, foram citados outros dez nomes inclusive o do prefeito de Palmas, Raul Filho.

A segunda colocada na pesquisa espontânea é a deputada estadual e pré-candidata do PR, Luana Ribeiro que teve 4%, depois aparece Edna Agnolin (PDT) e Eli Borges (PMDB), ambos com 2% cada. Com 1% cada, aparecem Wanderlei Barbosa e Alan Barbiero, pré-candidatos do PSB. Nesta sondagem, 9% dos entrevistados afirmam que votariam em branco ou nulo e mais da metade (52%) não responderam ou não opinaram.

Comparado com a primeira pesquisa, Luana subiu um ponto, já que tinha 3% na primeira rodada, e o peemedebista Eli Borges caiu um ponto (saiu de 3% para 2%). Já Edna Agnolin subiu um ponto.

Luana e Lelis

Analisando a preferência entre os dois pré-candidatos mais bem avaliados em todos os cenários da pesquisa os dados mostram que Marcelo Lelis foi citado por 47% do público feminino enquanto Luana tem maior preferência do público masculino (16% contra 13% do feminino). A faixa etária que Lelis tem maior aprovação é de 25 a 29 anos (53% das citações) enquanto Luana teve maior receptividade entre o público de 30 a 39 anos (17%).

Com relação ao nível de escolaridade, os dados mostram que Marcelo Lelis tem aprovação de 42% nos entrevistados que estudaram até a 4ª série, 48% de 5ª a 8ª série, o mesmo índice dentre os entrevistados com ensino médio e 42% dentre os de ensino superior. Já Luana teve 19% das citações do público que estudou até a 4ª série, 14% de 5ª a 8ª e também com ensino médio e 13% dentre os entrevistados de nível superior.

Analisando os entrevistados com renda de 2 até mais de 5 salários mínimos, Lelis tem maior aceitação dentre os entrevistados que tem de 2 a 5 salários (46%), já Luana pontuou mais dentre os que ganham até dois salários (15%).

Dentre os entrevistados que avaliaram a gestão de Raul Filho como ruim ou péssima Lelis tem 50% de preferência dos eleitores entrevistados e apenas 34% dos que avaliaram a gestão petista como ótima ou boa. Luana Ribeiro foi citada por 19% dos eleitores que avaliam a gestão de Raul como ótima ou boa e 11% pelos que disseram que a administração é ruim ou péssima.

Cenários

Vários cenários foram avaliados pela segunda rodada da pesquisa. Num deles os entrevistados tiveram que escolher dentre sete pré-candidatos onde não foi apresentado o nome do pré-candidato do PP, Carlos Amastha.Neste cenário, Lelis lidera com 42%, seguido por Luana com 13%, Eli Borges 7%, Edna Agnolin 5%, Alan Barbiero 2%, Ivory de Lira e Walter Balestra pontuaram apenas 1%. Brancos e nulos foram 13%, não souberam ou não responderam 15%.

No cenário seguinte dentre os nomes apresentados foi excluído o de Alan Barbiero. A preferência dos eleitores deixa Lelis novamente na liderança com 43% em seguida Luana Ribeiro com 13%, Eli Borges 6%, Edna Agnolin 5%, Carlos Amastha 2%, Ivory e Walter Balestra 1%. Brancos e nulos somaram 13%, não souberam ou não responderam 16%.

A pesquisa

A pesquisa encomendada pelo Partido Progressista e registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins sob protocolo nº TO-0030/2012 foi realizada de 24 a 26 de maio de 2012 com 602 entrevistados. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.