Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-secretário de governo da gestão do governador Marcelo Miranda (PMDB), Manoel Bueno (PMDB) confirmou na manhã desta sexta-feira, 8, durante entrevista ao Conexão Tocantins, sua pré-candidatura à Prefeitura de Guaraí. Bueno, que também é fiscal da Receita Estadual já pediu sua descompatibilização do cargo para poder concorrer nas eleições deste ano.

De acordo com Bueno, a meta a partir de agora é iniciar os trabalhos de busca de alianças e fortalecimento de sua pré-candidatura no município. “Vamos iniciar agora o meu trabalho de agregação de partidos, de busca de valores”, disse.

O pré-candidato, que pediu afastamento da Receita Estadual na quarta-feira, informou que virá a Palmas na próxima segunda-feira para se reunir com presidentes regionais das legendas aliadas ao PMDB para debater possíveis alianças em Guaraí. “Qualquer decisão só será tomada depois das reuniões de segunda-feira”, explicou.

A convenção do PMDB de Guaraí, segundo Bueno, está prevista para ser realizada entre os dias 25 e 27 deste mês. “Depois da minha descompatibilização eu estou apto e preparado para disputar”, salientou.

Eleição em Guaraí

Bueno, no entanto, deverá ter uma disputa acirrada no município por conta do grande número de pré-candidatos. Até o momento, pelo menos outros quatro nomes já demonstraram interesse em concorrer em Guaraí e buscam seus aliados. Adriano Zanina (PR), Genésio Ferneda (PSD), Kátia Cristina (PT) e Francisco Julio (PSDB) também anunciaram suas pré-candidaturas.

Este último, inclusive, informou nesta semana que conseguiu a adesão de mais cinco partidos (DEM, PV, PTB, PSC e PRB) para a sua pré-candidatura.