Campo

Foto: Divulgação

O Incra assegurou a adesão de 1.456 famílias assentadas no Tocantins ao Programa de Apoio à Conservação Ambiental Bolsa Verde. A ação é um incentivo do Governo Federal para os agricultores familiares desenvolverem atividades de uso sustentável dos recursos naturais, com a transferência de renda.

Cada família selecionada receberá benefício trimestral de R$ 300 a fim de estimular a preservação dos ecossistemas e elevar a renda de quem exercer atividades de conservação do meio ambiente. O incentivo será pago por meio do cartão Bolsa Família e a transferência de recursos ocorrerá por até dois anos, prazo que poderá ser prorrogado.

Para participar do Bolsa Verde, a família deve estar inscrita no cadastro único de programas sociais do Governo Federal, ter renda familiar mensal de até setenta reais por pessoa e assinar termo de adesão, no qual compromete-se a promover a conservação ambiental na área onde vive e trabalha. Os beneficiados serão monitorados por meio de imagens de satélite pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) para assegurar o compromisso firmado.

Inserido no Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, o programa é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente com a participação dos ministérios do Desenvolvimento Social (MDS) e do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Incra.

No Tocantins, o Incra coletou as assinaturas do termo de adesão e orientou as famílias sobre conservação ambiental e práticas de promoção do desenvolvimento sustentável em 75 projetos de assentamento. A meta é atender 1.750 famílias no estado este ano. (Ascom Incra)

Por: Redação

Tags: Bolsa Verde, Brasil sem Miséria, Incra