Estado

Foto: Divulgação

Cerca de mil comprimidos com distribuição gratuita de uso exclusivo em hospitais estavam sendo comercializados em mercadinho da cidade de Pedro Afonso. A descoberta foi feita durante operação Pró-Consumidor desenvolvida pelo Ministério Público Estadual (MPE), Vigilância Sanitárias Estadual e Municipal, Procon e Corpo de Bombeiros.

De acordo com o Coordenador do Centro Atendimento Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor, Procurador de Justiça José Omar de Almeida Júnior, os medicamentos se encontravam em embalagens identificadas com o rótulo “Embalagem hospitalar. Proibida venda ao comércio”. José Omar vai solicitar ao Promotor de Justiça da Comarca que requisite a instauração de inquérito para apurar a trajetória do medicamento e se realmente foi desviado de unidade pública de saúde.

A operação teve início na segunda-feira, 18, e se estende até sexta-feira, 22. Até o momento, 13 estabelecimentos foram vistoriados e cerca de duas toneladas de produtos apreendidos. (Ascom MPE)