Polí­tica

Foto: Divulgação

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 26, o Projeto de Lei 1089/2003 que permite o uso de medicamentos genéricos na medicina veterinária e estabelece preferência para eles nas compras governamentais.

O deputado federal César Halum (PSD-TO), que desde o inicio do mandato no parlamento federal vem lutando pela causa, comemorou a aprovação por unanimidade do PL. “Estou feliz, pois a aprovação desta proposição beneficiará todos os criadores de animais do Brasil. Isso é um avanço muito grande”, disse.

O parlamentar, que é veterinário, destaca que a liberação dos genéricos pode fazer com que o preço dos medicamentos caia até 70%, o que traria vantagens para os produtores. "Agora vai diminuir os custos da produção de carne, leite, de proteína animal. E os medicamentos hoje têm influência no custo final de produção. Isso aumenta a competitividade nossa no mercado lá fora", disse.

Halum afirma que os genéricos veterinários também vão trazer vantagens para as famílias em geral.

“No caso dos animais de estimação, permitir que até a população carente trate seu animal adequadamente. Então as vantagens são inúmeras, a gente fica perplexo de imaginar por que esse projeto demorou tanto para ser votado aqui na Casa, mas graças a Deus foi votado e aprovado", declarou.

O Projeto de Lei vai para a sanção da presidente da República, Dilma Rousseff e entrará em vigor após a sua publicação.